Programas Sociais Governamentais

A Empresa, consciente de sua atuação socialmente responsável, prioriza sua participação em programas e ações governamentais, adotando iniciativas voltadas ao aperfeiçoamento de políticas públicas na área social.

Entre suas iniciativas destacam-se:

PROGRAMA LUZ PARA TODOS

O Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso de Energia Elétrica “Luz pra Todos” instituído no final de 2003 é coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e operacionalizado pela ELETROBRÁS e Concessionárias. O número de Cadastrados no PLT atinge um total de 21 mil inscritos, sendo que 5.595 unidades consumidoras foram ligadas ao longo do ano, com um montante de investimento total de R$ 42,9 milhões.

RELUZ

Em 2007 foi dado seqüência ao Programa Reluz, oriundo de contrato firmado, em 2006, entre a Empresa e a ELETROBRÁS para 4 munícipios: Porto Alegre, Butiá, Minias do Leão e São Lourenço do Sul. O valor total dos quatro projetos é de R$ 27,2 milhões.

UNIVERSALIZAÇÃO DE ENERGIA

o Grupo CEEE, pelas próprias características do Estado do Rio Grande do Sul, sempre teve preocupação de levar “luz elétrica” a todos. Foi uma das primeiras concessionárias de energia do país a criar um programa de eletrificação rural, em parceria com os governos estadual e federal, com o objetivo de erradicação da escuridão no campo, levando as facilidades do conforto e desenvolvimento pelo uso da energia a todas as regiões do Estado. Além disso, se preocupa com o furto de energia e de ligações clandestinas, que não só causam danos à Empresa, como também colocam a população em geral. Para minimização desses problemas é realizado um trabalho permanente junto às comunidades e vilas com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre os riscos e danos a que estão expostos.

PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Em conjunto com as demais Empresas do Grupo CEEE, busca-se desenvolver ações relacionadas com a eficientização energética, por entender que este posicionamento é importante na melhoria dos padrões de consumo, qualidade ambiental e sustentabilidade. O Programa é direcionado para suas diversas classes de consumidores. Dentre as ações realizadas na eficientização, são destacadas as seguintes:

PROJETO CASA ILUMINADA

De cunho Educativo, permite ao consumidor conhecer e experimentar equipamentos de iluminação mais eficientes que reduzem o consumo mensal de energia elétrica e auxiliam na preservação da natureza.Iniciado em 2006 e concluído em 2007, o projeto distribuiu 245 mil lâmpadas fluorescentes compactas de 15W à população de faixa de consumo entre 31 a 79 kWh/mês, nos 72 municípios da área de concessão, beneficiando em torno de 122.500 mil consumidores e seus familiares, num total de mais de 500 mil pessoas envolvidas.

PROJETO ESCOLA MAIS ILUMINADA

Prevê a eficientização no sistema de iluminação de escolas públicas da área de concessão da CEEE D. Iniciado em 2007, o projeto beneficiou diretamente 26.792 alunos. Os estudantes receberam material de pesquisa sobre eficientização. No projeto, foram substituídos fluorescentes e incandescentes, luminárias e reatores de 20 escolas estaduais localizadas em sete municípios da área de concessão. A ação permite adequar os estabelecimentos ao índice de iluminamento à Norma Brasileira que trata da matéria. Muitas Escolas que funcionavam com iluminação inadequada, principalmente à noite, beneficiaram-se através do projeto conseguindo melhorar sensivelmente o nível de iluminamento e a redução no consumo energético mensal.

PROJETO PRÉDIOS PÚBLICO

O projeto promove a eficientização no sistema de iluminação dos Prédios Públicos localizados em vários municípios na área de concessão, beneficiando os funcionários dos prédios toda a comunidade, além da substituição de lâmpadas, luminárias e reatores, adequando os ambientes ao índice de iluminamento à Norma Brasileira. Nesses prédios estão inseridos postos de saúde, escolas municipais e hospitais que atendem ao Sistema Único de Saúde (SUS)

PROJETO SANEAMENTO

A CEEE-D promove, também, a eficientização dos setores de saneamento, com a substituição de motores, bombas e adutoras em vários órgãos de saneamento municipais e estaduais.

PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO – P & D

Em conformidade com a Lei nº 9.991, de 24 de julho de 2000, as empresas concessionárias ou permissionárias de serviço público de distribuição, geração ou transmissão de energia elétrica, devem aplicar um percentual anual no Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do setor de Energia Elétrica. As atividades de P & D deverão ser de natureza criativa ou empreendedora, desenvolvidas sistematicamente, com vistas à geração de novos conhecimentos ou aplicação inovadora de conhecimento existente, inclusive para investigação de novas aplicações. Encontram-se em andamentos os ciclos 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008.

PROGRAMA ANUAL DE COMBATE AO DESPERDÍCIO DE ENERGIA ELÉTRICA – PACDEE

A aneel, regulamentou a aplicação de recursos pelas concessionárias em ações de combate ao desperdício de energia elétrica, pesquisa e desenvolvimento tecnológico no setor elétrico, para a realização de projetos visando à eficiência energética. O montante a ser aplicado corresponde a 1% da receita operacional líquida da concessionária, aplicados em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento – P & D e projetos que visam estimular o uso racional e eficiente da energia elétrica por parte dos consumidores.

Grupo CEEE

Todos os direitos reservados ® 2016