Home» Sala de Imprensa » Obras de LT subterrânea bloqueiam trânsito no Centro de Porto Alegre

30/10/2010

Obras de LT subterrânea bloqueiam trânsito no Centro de Porto Alegre

Nesta terça-feira, 02, o trânsito entre as avenidas Borges de Medeiros, Ipiranga e Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio) e o monumento “Supercuia”, próximo ao Anfiteatro Pôr-do-Sol, estará bloqueado das 7h às 18h para o andamento das obras de construção da nova Linha de Transmissão (LT) subterrânea de energia do Grupo CEEE.

A interrupção permitirá a construção da LT subterrânea entre a Borges de Medeiros e Edvaldo Pereira Paiva. O trabalho consiste basicamente no envelopamento de dutos através da abertura de valas e imediata recomposição, através da colocação de brita, devidamente compactada. A camada superior de cobertura será composta por solo de qualidade que atenda os parâmetros do projeto, definidos por análises prévias dos locais de instalação.

Na sexta, 29/10, foi concluída a parte civil entre as avenidas Ipiranga e Mauá, passando pela Edvaldo Pereira Paiva (Mauá), e que trouxe à tona a estruturas do fim do século XIX sob as praças Julio Mesquita e Brigadeiro Sampaio, além de cerâmicas afro-brasileiras, louças e utensílios da época. Na segunda-feira, 1º/11, terão início os trabalhos dentro da área do Porto, na altura da Rodoviária da Capital.

A obra, que vai ligar a Subestação (SE) Porto Alegre 9, na entrada da cidade, à SE Porto Alegre 4, próxima ao Shopping Praia de Belas, terá investimentos de R$ 71,8 milhões e vai usar tecnologias que minimizem os inconvenientes para a população. Em alguns trechos, será utilizado método não destrutivo (MND), que consiste na construção de uma espécie de túnel, que serve de caminho para os cabos condutores nos pontos que apresentam significância turística, artística, urbanística, planejamento e infraestrutura, como a travessia da Avenida Mauá, próximo ao Gasômetro, as esquinas da Ipiranga com a Borges de Medeiros e a travessia do Porto até a Ramiro Barcelos, passando sob a rodovia Castelo Branco e os trilhos da Trensurb. Com isso, o trânsito não precisa ser bloqueado.

 

Mais sobre a Linha de Transmissão Subterrânea:

O empreendimento é realizado pelo consórcio TPAE (Transmissora Porto-alegrense de Energia Elétrica), formado pela Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) e Procable Energia e Telecomunicações S/A. Com 11,3 km de extensão, o projeto será implantado em duas partes. O primeiro trecho, de 5,7 km, fica entre a SE Porto Alegre 9, localizada na  rua João Moreira Maciel, e a futura SE Porto Alegre 7, na rua Ramiro Barcelos com a Avenida Castelo Branco. Nesta parte, a infraestrutura de dutos vai abrigar também uma linha de distribuição de 69 kV da CEEE-D. No segundo trecho, entre a SE Porto Alegre 7 e a SE Porto Alegre 4, na esquina das Avenidas Ipiranga com Praia de Belas, os dutos serão exclusivos da LT de 230 kV.

A expectativa de conclusão é de 16 meses, gerando 460 empregos diretos no período. Entre os benefícios, destaca-se a melhoria no atendimento da região metropolitana de Porto Alegre, com diminuição no risco de cortes de carga na ocorrência de eventuais contingências no sistema elétrico. Na prática, através dessa LT, os consumidores de energia elétrica da área central de da Capital, atendidos pela Subestação Porto Alegre 4, passam a receber energia de duas fontes de alimentação, uma que vem das Subestações Gravataí 2 e Nova Santa Rita.

Foram feitos diagnósticos ambientais sobre vegetação, solo e rochas, infraestrutura urbana, qualidade do ar, paisagismo, patrimônio histórico e cultural, recursos hídricos, volumetria das edificações, fauna e paisagem urbana. Durante a execução da obra, há acompanhamento técnico permanente de uma equipe formada por profissionais de diversas áreas da CEEE, além de monitoramento para minimizar a interferência no ambiente, incluindo avaliações arqueológicas em pontos determinados e o plantio de 228 novas árvores nas áreas de abrangência da obra.

 

Fonte: Letícia Jardim (texto) e Guga Marques (foto) - ACS/Grupo CEEE

Grupo CEEE

Todos os direitos reservados ® 2012