Notícias

Balanço Energético do Estado de 2010 será lançado na sexta-feira

Com dados sobre a matriz energética estadual, a edição consiste em um documento essencial ao planejamento estratégico do RS

Por admin / Publicado: 27/10/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Os segmentos de planejamento, pesquisa e educação terão acesso a um material com informações completas, disponibilizadas de forma didática, sobre as diversas áreas que compõem a matriz energética gaúcha. Na próxima  sexta-feira, 29, o secretário de Infra-estrutura e Logística, Daniel Andrade, e o presidente do Grupo CEEE, Sérgio Camps de Morais, fazem o lançamento oficial do Balanço Energético do RS 2010 – Ano Base 2009. O evento ocorre às 11h15, no Auditório do Centro Administrativo da CEEE na Capital, que fica na Avenida Joaquim Porto Villanova, 201. Em sua 31ª edição, o anuário traz a contabilização da oferta e consumo de energia e consiste em um documento essencial ao estudo e planejamento estratégico do Estado. Com dados referentes ao ano passado, 500 dos mil exemplares  produzidos serão destinados às bibliotecas dos educandários de ensino médio. Em linguagem acessível, o Balanço apresenta gráficos, fotos, ilustrações e outros recursos que atendam aos interesses dos técnicos do setor e do público estudantil.  

 

Elaborada em colaboração com a Secretaria de Infra-Estrutura e Logística do Rio Grande do Sul (Seinfra), e as instituições envolvidas na matriz energética estadual, esta edição apresenta a conversão da série histórica dos balanços energéticos, de 1979 a 2004, para a metodologia internacional. Com a padronização da série dos 30 anos, é possível traçar a evolução da matriz energética gaúcha e realizar análises e comparações de forma dinâmica e prática entre os anos ou entre diferentes fontes de energia. O Balanço Energético de 2010 compõe-se de nove capítulos e de 11 anexos, cujo conteúdo engloba panoramas sobre as matrizes energéticas estadual, nacional e mundial, a oferta e demanda de energia por fontes primárias e secundárias e os recursos e reservas de energias disponíveis no RS, entre outros temas.

 

No ano passado, o RS manteve a primeira posição no cenário nacional na produção de biodiesel (B100), que representou 28% da produção total do País – em 2008 esta participação foi de 26% e em 2007, de 11%. O primeiro lugar também foi mantido na produção de carvão vapor: foram produzidas 4,68 milhões de toneladas equivalentes no ano passado. Ao contrário do Brasil, o Rio Grande do Sul não está seguindo a tendência de crescimento de energias renováveis: no País, a participação da energia renovável em 2009 foi de 47,29% e no RS, de 32,66%. Ainda em 2009, foram produzidos 18.483 GWh de energia elétrica no RS, o que garante a décima posição entre os estados brasileiros. A produção de álcool etílico hidratado nas destilarias foi de 2.458 metros cúbicos, volume abaixo da potencialidade do Estado. Nesta edição, verifica-se que, em 2009, o consumo de energia elétrica no Estado foi de 25.317.457 MWh, o que representa um decréscimo de 0,46% em relação a 2008.


Entre as fontes primárias da matriz energética,  observa-se que, em 2009, o petróleo foi a fonte que liderou no RS, representando 62,97% da oferta de fontes primárias. Na segunda posição está a lenha, representando 13,15% do total das fontes primárias, seguido pela energia hidráulica, correspondendo a 9,46%, o carvão vapor, com 7,13%, e, em quinto lugar, com 4,04%, outras fontes primárias, como a composição da lixívia, da casca do arroz e da energia eólica. Com relação ao consumo final de fontes secundárias, em 2009 houve um decréscimo de 12,11% em relação a 2008. Na participação específica das fontes secundárias, a predominância no consumo é do óleo diesel, que está em primeiro lugar, com 31,84%, seguido pela eletricidade, com 30,59%, pela gasolina, com 18,60%, o álcool etílico anidro e hidratado (8,13%) e, na quinta posição, o GLP, com 6,88%.

 

O Grupo CEEE realizou e publicou o BERS 2005 - 2007 e o BERS 2009 - Ano Base 2008. A elaboração do anuário passou a ser uma responsabilidade da Companhia e está em conformidade com a portaria 11/2008, da Seinfra, expedida em abril de 2008. O Balanço Energético também está disponível para download no sítio do Grupo CEEE, no link www.ceee.com.br.

 

Fonte: Carla Damasceno Ferreira (texto)

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres