Notícias

BID aprova empréstimo para CEEE-GT no valor de US$ 88,7 milhões

Comunicado foi feito pelo BID à Diretoria do Grupo CEEE no dia 1º de novembro

Por admin / Publicado: 04/11/2012 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou um empréstimo de US$ 88,7 milhões à Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT). Os recursos serão usados para ampliar, reabilitar e modernizar a infraestrutura de geração e transmissão de energia elétrica do Rio Grande do Sul, a fim de atender a demanda crescente e melhorar a confiabilidade do serviço. O comunicado sobre a aprovação do financiamento foi enviado à Diretoria do Grupo CEEE pela coordenadora do projeto junto à instituição financeira, Sylvia Larrea. Esta operação passará, agora, por aprovação do Senado Federal e posterior assinatura do contrato pela empresa, Estado e BID.

O empréstimo do BID será utilizado no Programa Pró-Energia, elaborado pela empresa e composto por um conjunto de empreendimentos que visam possibilitar a construção da infraestrutura elétrica necessária para suportar o aumento da demanda previsto, incluindo-se a realização da Copa do Mundo em 2014. No próximo verão, segundo estimativas da CEEE-GT, a demanda máxima registrada no Estado poderá alcançar os 6,5 mil megawatts. O recorde registrado do Centro de Operação do Sistema da Companhia ocorreu  no dia 16 de fevereiro deste ano, quando a demanda instantânea chegou a 5.961 megawatts.

Entre as obras que utilizarão os recursos desse financiamento, na área de geração, está a ampliação da pequena central hidrelétrica de Ijuizinho II, com aumento da capacidade de geração elétrica de 1 MW para 15 MW, incluindo a ampliação da barragem, novo conjunto de adução e nova casa de força. Nesse mesmo segmento, há, ainda, a modernização de unidades geradoras das Usinas Hidrelétricas Passo Real e Itaúba, com o objetivo de aumentar a confiabilidade e a desponibilidade dos equipamentos. Em relação à infraestrutura da transmissão, integram esse pacote a ampliação e/ou adequação de 15 subestações, duas linhas de transmissão e adequação de três bancos de capacitores, com a finalidade de atender o crescimento da demanda e melhorar a qualidade nos controles de tensão.

O financiamento do BID tem prazo de 25 anos, com um período de carência de quatro anos e juros baseados na taxa LIBOR. O financiamento do BID será complementado por recursos da CEEE-GT no valor de US$59,1 milhões, provenientes de um empréstimo da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). O custo total do projeto é de US$ 147,8 milhões.

Recentemente, o Estado, a Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) assinaram um financiamento, no valor de US$ 130,5 milhões ou R$ 235 milhões. Os recursos também estão sendo utilizados também no Programa Pró-Energia, principalmente em obras em Porto Alegre, umas das cidades sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres