Notícias

CEEE conclui travessia de mais um cabo subaquático

Os últimos condutores serão lançados na próxima semana, quando também devem começar os testes

Por admin / Publicado: 07/01/2011 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

A mudança de estratégia adotada pela empresa que executa a obra dos cabos subaquáticos que levarão energia de Rio Grande para São José do Norte e, principalmente, as condições climáticas favoráveis garantiram agilidade e a eficiência da operação de lançamento do terceiro cabo. O trabalho, ao contrário das vezes anteriores, foi todo organizado para que a travessia fosse realizada ainda no início da manhã, o que permitiu que o trajeto fosse concluído às 9h25. O trabalho de retirada da boias ocorreu logo após, e o canal do porto foi liberado às 12h30 para a retomada da navegação.

“Foi a travessia mais tranquila desde que começamos este trabalho”, disse Maiquel Luís Tidra da Silva, do Departamento de Fiscalização de Obras da Divisão de Subtransmissão da CEEE. Segundo ele, que acompanhou as ações com os outros dois cabos – nos dias 07 e 16 de setembro de 2010 –, as condições climáticas foram as ideais. O dia amanheceu sem vento e com um pouco de neblina, que não chegou a atrapalhar o andamento do trabalho e logo se dissipou, dando lugar ao sol forte. A água estava calma e permaneceu assim até por volta de 10h, quando o vento aumentou; mas neste momento, as boias já haviam sido retiradas de mais da metade do canal e o ponto mais crítico tinha sido ultrapassado.

O próximo lançamento deve ocorrer entre quinta e sexta-feira da próxima semana e os testes devem começar logo em seguida. A expectativa é de energizar os cabos até o dia 15 de fevereiro. A conclusão total da obra, inclusive com a retirada da torre e dos cabos aéreos, está prevista para o fim deste semestre.

Os números:

A equipe que trabalhou na travessia do terceiro condutor de energia contou com 37 profissionais entre mergulhadores, pessoal de apoio, de coordenação, além dos três fiscais da CEEE. A atividade começou às 5h e antes das 6h os mergulhadores já estavam na lagoa, preparando o local para a parte final do lançamento. Foram utilizadas 15 embarcações (cinco de pescadores, nove de empresas e uma lancha) e 300 boias. Ao se aproximar da margem de Rio Grande, um equipamento com cabo de aço fez o trabalho, para evitar que o condutor subaquático entrasse em contato com a areia e fosse danificado. A ação contou com o apoio da Superintendência do Porto de Rio Grande e da Capitania dos Portos.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres