Notícias

CEEE corta instalações por furto de energia elétrica

Ligações clandestinas foram descobertas na Avenida Antonio de Carvalho,zona leste da capital.

Por admin / Publicado: 20/01/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

Uma equipe de fiscais da Gerência Regional Metropolitana da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) cortou a energia elétrica de um restaurante e uma obra na zona leste da capital nesta quinta-feira, 21 de janeiro. A operação contra os chamados “gatos” ocorreu na Avenida Antônio de Carvalho, 2320 e 2310, respectivamente. Na  Churrascaria e Restaurante Putinga, instalação encerrada no cadastro da Companhia e sem medição, foi descoberta uma ligação direta da rede. O estabelecimento que agora terá que pagar cerca de R$ 20 mil à CEEE por consumo não registrado já havia sido autuado anteriormente por duas vezes, sendo a última em 13 de janeiro deste mês. O débito da construção, ao lado do restaurante, onde também foi encontrado um ramal que trazia a energia diretamente do circuito da rua é de R$ 4,2 mil. O furto de energia é crime,  previsto no Código Penal. Na forma qualificada, a pena é de reclusão de dois a oito anos, mais multa.

Somente na capital e municípios vizinhos, os técnicos da CEEE efetuaram, em 2009, 29,5 mil fiscalizações, sendo que em 6,7 mil havia irregularidades ou avaria de medidores. No ano passado, através de um trabalho conjunto com a Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio das Concessionárias e Serviços Delegados (DRCP) foram feitas 17 prisões em flagrante geradas por desvio nos equipamentos de energia.  Segundo levantamento da Divisão de Medição e Proteção da Receita (DMPR) da Companhia, no ano passado, o número total de fiscalizações em toda área de concessão da CEEE totalizou 61,6 mil, sendo que em 11.156 havia irregularidades e em 3.959 avaria nos equipamentos.

Conforme relatório da área, com o trabalho feito em campo e na avaliação do histórico de consumo das unidades consumidoras, houve, em 2009, o ingresso de R$ 4,8 milhões aos cofres da empresa. Através da Central de Teleatendimento (0800.721.2333), site (www.ceee.com.br) e Agências, a CEEE recebe denúncias de irregularidade na medição, as quais são executadas com prioridade.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres