Notícias

CEEE-D amplia trabalho em linhas energizadas

Empresa contratou caminhões e vai dobrar o número de equipes para atendimento sem necessidade de suspender o fornecimento

Por admin / Publicado: 09/07/2012 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

A capacidade de trabalho das equipes de linha viva da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) vai dobrar nos próximos dias. A Empresa substituirá os dois veículos atuais, que têm mais de dez anos de uso, e a eles serão acrescidos outros dois. Com este total, a estimativa da Gerência Regional Metropolitana (GRM) da CEEE-D é de que as atividades realizadas sem a necessidade de desligar o fornecimento de energia elétrica passem das 6,7 mil de 2011 para 13 mil nos próximos 12 meses.

A medida beneficiará prioritariamente os quase 690 mil clientes da Empresa nos municípios de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. As equipes de linha viva permitem que a população não tenha transtornos com desligamentos em alguns trabalhos em subestações, atuações programadas e emergenciais, podas e apoio a atividades da SMAM, além de desempenharem importante trabalho quando ocorrem colisões em postes. Só em maio, por exemplo, foram registrados 149 casos de acidentes de trânsito envolvendo postes de energia, nessas três cidades.

Com a entrada no trabalho destes veículos, agora a CEEE-D tem duas equipes para trabalhar em caminhão de um cesto, com três pessoas cada, e mais duas para veículos de dois cestos, quando são necessários cinco profissionais; além das equipes de apoio. Pelos cálculos da GRM, cada equipe de linha viva dá um retorno mensal à Empresa equivalente a R$ 50 mil. Segundo o diretor de Distribuição da Companhia, Rubem Cima, estes caminhões chegam para realizar as atividades de forma emergencial, para atender as necessidades já existentes até a aquisição definitiva dos veículos. “Será um salto de qualidade, porque temos profissionais capacitados para atuar na rede em condições de segurança sem precisar de desligamento em diversas circunstâncias, garantindo o menor impacto possível nestas ocasiões para os nossos clientes”, projetou.

Conforme o diretor Administrativo do Grupo CEEE, responsável pela elaboração e execução desses contratos, Halikan Daniel Dias, já existe um orçamento pré-aprovado para a compra dos veículos para 2012 até 2014. “Estão assegurados no orçamento da CEEE-D, para o período entre 2012 e 2014 a renovação de 100% da frota, incluindo caminhões da linha viva, num investimento total de  R$ 53 milhões”, afirmou.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres