Notícias

CEEE dá dicas de conforto com economia no inverno

Uso moderado dos eletrodomésticos garante a sensação de bem-estar dos dias frios sem comprometer o bolso

Por admin / Publicado: 20/06/2013 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

A chegada oficial do inverno acontece nesta sexta-feira, mas os dias de temperaturas mais baixas já começaram e o uso de alguns eletrodomésticos para garantir mais conforto neste período de frio, também. Nestas circunstâncias, o orçamento doméstico requer alguns cuidados para que a fatura de energia não traga surpresas. Para garantir a utilização correta deste serviço, basta inserir no dia a dia pequenas atitudes. Segundo o chefe do Departamento de Eficiência Energética da CEEE, Francisco Evaristo Gomes, o uso moderado de aparelhos como aquecedores de ambiente, torneiras elétricas, secadoras de roupa, secadores de cabelo e, principalmente, o chuveiro (um dos maiores vilões no consumo residencial de energia elétrica) podem proporcionar uma economia expressiva na conta.

Para ter sucesso nessa empreitada, as famílias devem estabelecer novas rotinas, independente do período do ano. “A economia pode estar em uma simples lâmpada que permanece acesa durante a noite”. Segundo o chefe do Departamento de Eficiência Energética, os produtos devem ser dimensionados de acordo com a necessidade de utilização e ter selo Procel de eficiência. “Às vezes os filhos já estão grandes, não moram mais com os pais, mas aquela geladeira duplex antiga continua lá, consumindo muito mais do que similares mais novas e sem estar totalmente ocupada”, reflete. Também é importante o cuidado na hora de fazer as instalações elétricas. Elas devem ser executadas por técnicos especializados, uma vez que instalações inadequadas potencializam perdas elétricas e causam riscos de acidentes por choque.

A energia elétrica está intimamente ligada ao conforto. Observe algumas dicas de como usar bem este serviço e aproveitar seus benefícios sem desperdício:

 

·         Dê preferência à iluminação natural. Abra cortinas, janelas e persianas da sua casa;

·         Substitua as lâmpadas incandescentes por fluorescentes, que duram 8 vezes mais proporcionam uma redução no consumo de até 80%, de acordo com o modelo e a potência de lâmpadas comparadas; 

·         Pinte o teto e paredes internas de sua residência com cores claras, que refletem melhor a luz e diminuem a necessidade de iluminação artificial;

·         Evite banhos demorados. Sempre que possível, programe seus banhos para os inícios ou finais de tarde, quando a temperatura ainda não baixou muito. Mantenha os orifícios da passagem de água do seu chuveiro elétrico limpos;

·         Observe a borracha de vedação da sua geladeira periodicamente. Vedação defeituosa provoca um dos maiores desperdícios de energia;

·         Abra a porta da geladeira somente quando necessário. Evite deixa-la aberta por muito tempo;

·         Nunca utilize a parte traseira das geladeiras para secar roupas ou outros utensílios;

·         Evite guardar alimentos e líquidos quentes dentro das geladeiras;

·         Acumule a maior quantidade de roupas para passar de uma só vez e, se possível, faça isso em um dia da semana. Passe primeiro as peças que requeiram temperaturas mais baixas;

·         Equipamentos que tem por finalidade produzir calor são grandes consumidores de energia elétrica, por isso, lembre-se que apesar do inverno gaúcho ser bastante rigoroso é preciso manter o bom senso. O uso intensivo de ar condicionado e principalmente de estufas pode aumentar consideravelmente o valor da sua fatura;

·         Dimensione adequadamente o aparelho para o tamanho do ambiente;

·         Mantenha as portas e janelas fechadas, quando o ar condicionado estiver ligado;

Limpe os filtros regularmente e não obstrua a saída de ar com móveis, cortinas ou outros utensílios.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres