Notícias

CEEE Distribuição conclui regularização da energia na Vila União Santa Tereza em Porto Alegre

Obra que foi entregue dia 17 de outubro integra o Programa Energia Legal e beneficia 600 pessoas

Por admin / Publicado: 18/10/2015 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

A CEEE Distribuição (CEEE-D) entregou no último sábado, 17, à comunidade da Vila União Santa Tereza em Porto Alegre, a obra de regularização da energia elétrica no local que beneficia 600 pessoas. Participaram do evento que reuniu mais de 200 pessoas representantes da Companhia, da Prefeitura Municipal e da Associação de Moradores.

Nas vias da Vila União Santa Tereza, a empresa instalou 64 postes e construiu quase dois quilômetros de rede. Na última etapa do trabalho, os técnicos fizeram a retirada dos cabos clandestinos - conhecidos como “gatos” - que abasteciam precariamente os moradores com energia elétrica e causavam riscos no atendimento e à segurança das pessoas. O investimento da empresa nesse projeto foi de R$ 298 mil.

Conforme dados da Companhia, a estimativa é de que, com esta regularização, haja uma redução nas perdas no sistema elétrico nessa região, refletindo nos indicadores técnicos e na melhoria na qualidade da energia fornecida, inclusive aos clientes regulares do entorno da Vila União Santa Tereza, em especial aos bairros Cristal e Santa Tereza.

Através das ações do Programa Energia Legal, a CEEE já regularizou, desde 2011, o fornecimento de energia para oito mil novos clientes. No total, nesse período, a empresa emitiu 154 mil faturas, o que corresponde a R$ 14,6 milhões de faturamento e a uma arrecadação de R$ 12,8 milhões. A adimplência dos clientes do projeto está na ordem de 87%.

A representante da Associação de Moradores da Vila União Santa Tereza, Michele Silva, disse que a situação agora está muito melhor para todos na comunidade. Ela destaca a união das pessoas nessa conquista. “Quero lembrar também as constantes orientações dos técnicos da CEEE aos moradores durante todas as etapas do trabalho, que foram fundamentais”, acrescenta. Já o gerente Regional Metropolitano, Jeferson de Oliveira Gonçalves, destacou a importância desse projeto para a empresa que resgata a cidadania das pessoas. Além disso, ele lembrou também da importância que as famílias devem ter, a partir de agora, com o uso eficiente e da energia elétrica.

Consumo consciente

Pelo Programa Energia Legal, a CEEE-D fornece o kit monofásico e, por um período de seis meses, oferece aos clientes residenciais monofásicos uma conta educativa, que cobra a taxa mínima de energia da unidade consumidora, mas mostra também o valor real da conta. Essa ação da Empresa tem o objetivo de fazer com que as pessoas entendam a importância de se utilizar racionalmente a energia elétrica. O valor mínimo da tarifa educativa hoje para uma conta monofásica é de R$ 26,17. Ligações bifásicas têm o mesmo benefício, mas por três meses e, nesse caso, o valor é de R$ 39,79.

Ainda por meio do Energia Legal, os clientes que pagam as 12 primeiras parcelas dos kits de entrada da medição – incluídas na própria conta – recebem um abono das 12 últimas prestações, desde que estejam com o pagamento das faturas em dia. Durante o período de vigência da conta educativa, equipes da CEEE-D seguem fazendo visitas regulares aos consumidores que gastaram mais do que 250 kWh (quilowatt-hora), com o objetivo de orientar sobre os hábitos de consumo que podem ajudar a reduzir o valor da conta.

Nas proximidades da Vila União Santa Tereza, a Companhia já realizou regularizações semelhantes na região. Na Vila Gaúcha, onde a rede encontra-se em fase de finalização, a empresa já iniciou os trabalhos de cadastramento junto às famílias.

 Na foto, Michele Silva, presidente da Associação dos Moradores Vila União Santa Tereza 

 

http://www.flickr.com/photos/grupoceee

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres