Notícias

CEEE Distribuição integra ações da Semana Nacional de Segurança

Mortes e acidentes com energia elétrica diminuíram em 2012

Por admin / Publicado: 13/08/2013 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

A CEEE Distribuição e a Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee) iniciaram hoje, 12, e proseguem até o domingo,18, as atividades que fazem parte da programação da Vlll Semana Nacional da Segurança da População com Energia Elétrica. O evento tem a participação de outras 63 empresas do setor de distribuição de energia elétrica em todo o Brasil.

A campanha deste ano tem como slogan Segurança – Escolha a Vida. As empresas  montaram uma força-tarefa em seus estados, com divulgação de informações nas contas de luz, palestras educativas em escolas e canteiros de obras. Também serão distribuidas cartilhas e folhetos explicativos com dicas de prevenção de acidentes.

Os seis temas selecionados são: construção ou manutenção predial, furto de energia, poda de árvores, instalação de antenas de TVs, utilização de equipamentos agrícolas e outro tema especialmente voltado para as crianças: soltar pandorgas. Nestes casos, a informação e a conscientização da população sobre os riscos envolvidos e como evitá-los é fator decisivo na prevenção.

Em 2012, em todo o Brasil, 818 pessoas se acidentaram por contato com os fios da rede das concessionárias de energia elétrica, resultando em 293 mortes. O número de acidentados e mortes representa uma redução em relação a 2011, quando foram registrados 856 e 315, respectivamente. A intenção é alcançar cerca de 160 milhões de pessoas em todo o país.

O diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Rubem Cima, salienta que a prevenção é a melhor forma de evitar acidentes e para isso a Companhia escolheu dois segmentos para informar: palestras para as crianças nas escolas, especialmente, nas localidades onde está sendo implantado o Programa Energia Legal, e algumas empresas da construção civil. Para Cima “a educação é a melhor maneira de mostrar à população os cuidados que  devemos ter com a energia.”

Desde 2006, a Abradee e suas associadas vêm repetindo esta mobilização, os trabalhos são feitos durante todo o ano, mas as empresas aproveitam esta semana para conscientizar ainda mais a população. As ações seguem em toda a área de ação da CEEE Distribuição, nos 72 municípios das região Leste e Campanha, incluindo a Metropolitana. No Litoral, serão feitas blitizes nas cidades de Mostardas, Tavares, Capão da Canoa, Osório, Tramandaí, Imbé, Três Cachoeiras e Torres. Nas outras cidades estão programadas reuniões com os órgãos municipais, sindicatos e afins.

“Queremos mostrar que a adoção de cuidados simples no cotidiano das pessoas é essencial para evitar acidentes”, destaca o presidente da Abradee, Nelson Fonseca Leite. Ele reforça que a repetição anual da campanha, complementada pelas ações permanentes das distribuidoras, é importante para desenvolver na população uma consciência de prevenção de riscos e reduzir o número de acidentes.

Leite lembra que as ações sistemáticas desenvolvidas nos últimos anos, com destaque para as campanhas voltadas a conscientizar a população sobre os cuidados a serem observados para evitar acidentes com a rede de energia elétrica, vêm apresentando bons resultados. “Os dados dos últimos doze anos mostram uma sustentada e significativa redução da taxa de gravidade – de 4,1% ao ano e da taxa de frequência – de 3,7% ao ano”, ressalta o presidente da Abradee.

 

Acidentes da população na rede elétrica

Em 2001, para uma população de 171,9 milhões, foram registradas 381 mortes, ou seja, uma morte para cada 451 mil habitantes. Se esta relação tivesse sido mantida, a estimativa para o ano de 2012 (população de 194,9 milhões) seria um total de 432 mortes. Considerando os 293 óbitos apurados, é razoável afirmar que, em 2012, foram "evitadas" 139 mortes. A melhor maneira de prevenir acidentes é por meio de informação e conscientização da população sobre os cuidados a serem observados na convivência com a rede elétrica.

Uma análise dos dados desagregados mostra que, dos quatro tipos de ocorrências abordados na campanha, os dois mais críticos são Construção e Manutenção Predial e Ligações Elétricas Clandestinas. Nos últimos doze anos, em média, ocorreram 80 mortes por ano nas atividades de Construção ou Manutenção Predial e 40 mortes por ano devido Ligações Elétricas Clandestinas (furto de energia). Cabe destacar que a região norte, com apenas 8% dos habitantes do país, foi responsável, nos últimos seis anos, por 29% das mortes por Ligação Elétrica Clandestina.

                                                                                                                                            A situação atual

1.    Na busca da universalização, as distribuidoras vêm estendendo suas redes elétricas para as periferias e áreas rurais mais distantes, incorporando contingentes populacionais com baixo nível de informação e conscientização sobre os cuidados necessários para uma convivência segura com as redes elétricas. Em 1966, apenas 40% da população brasileira eram atendidas pelas redes das concessionárias (seis milhões de consumidores). Atualmente, em todo o país, são três milhões de quilômetros de rede de distribuição para atender 195 milhões de habitantes, com uma cobertura de 99,3% dos domicílios.

2.    As distribuidoras, isoladamente, sempre atuaram no sentido de orientar seus consumidores sobre os riscos da energia elétrica e como evitá-los. A partir de 1990, para acompanhar mais de perto essa atuação, a Abradee e a Fundação Coge implementaram a coleta sistemática de dados de acidentes da população com a rede elétrica das concessionárias.

3.    Em 2006, a Abradee e suas associadas promoveram a primeira campanha nacional para prevenção de acidentes com a rede elétrica  e os resultados são positivos e a população vem reconhecendo o esforço das concessionárias. As pesquisas de satisfação do cliente feitas anualmente desde 1999, em todo o país, mostram uma tendência de melhoria da satisfação dos consumidores com as orientações sobre os riscos da energia elétrica, prestados pelas concessionárias

 

Orientações sobre riscos e perigos da energia elétrica

A Campanha

Com o slogan Segurança – Escolha a Vida, a intenção da Abradee e de suas distribuidoras é conscientizar a população sobre a sua responsabilidade na prevenção dos acidentes.

Entre as principais dicas da campanha destacam-se:

Construção ou Manutenção Predial: ao construir ou reformar, mantenha uma distância segura da rede elétrica, principalmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro e arames. Consulte sempre um profissional capacitado para este tipo de serviço ou a sua distribuidora.

Ligação Clandestina (Gato): ligações da rede elétrica, somente pelo eletricista de sua distribuidora de energia. Furtar energia é muito perigoso. Além de ser um crime, provoca acidentes e coloca vidas em risco. Fique sempre longe da rede elétrica e não faça ligações clandestinas. 

Poda de árvores: nunca faça poda de árvores. Entre em contanto com a prefeitura de sua cidade e solicite o serviço. A poda de árvores é um serviço que deve ser realizado somente por profissionais preparados e qualificados.

Antena de TV: ao instalar ou consertar antenas, cuidado com a rede elétrica. Escolha um lugar afastado dos fios da rede elétrica e sempre quando o tempo estiver bom. Caso a antena caia nos fios, nunca tente segurá-la ou recuperá-la. 

Área Rural: mantenha distância da rede elétrica ao usar máquinas agrícolas. Esteja sempre atento para evitar acidentes com máquinas agrícolas movimentadas próximas da rede elétrica. E nunca faça queimadas, nem deixe a vegetação chegar perto dos fios e postes.

 Pandorgas: não tente tirar pipas dos fios. Brinque sempre longe da rede elétrica. Sempre empine pipas em locais abertos e afastados da rede elétrica. Jamais use fios metálicos ou cerol, e caso a pipa fique presa, não tente resgatá-la.

Para mais informações sobre a VIIl Semana Nacional de Segurança da População com Energia Elétrica, acesse: http://www.abradee.org.br/semanaseguranca/

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres