Notícias

CEEE Distribuição recebe equipamentos da nova Subestação Porto Alegre 5

Unidade que tem previsão para entrar em operação em março vai duplicar a capacidade de atendimento para 13 bairros da Capital

Por admin / Publicado: 15/01/2016 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Os novos equipamentos com tecnologia GIS (Gas Insulated Switchgear), isolada a gás SF6, já estão junto às instalações da nova subestação Porto Alegre 5, empreendimento que está sendo construído pela CEEE Distribuição na esquina da rua Casemiro de Abreu com a Avenida Lucas de Oliveira, no bairro Rio Branco, na Capital. O descarregamento das 26,5 toneladas de materiais ocorreu neste sábado, 16. A etapa posterior do trabalho é a montagem da subestação e a instalação dos dois transformadores - com 50 MVA (megavolts-ampères) de potência cada um - que também já estão na Companhia. O investimento da CEEE Distribuição nesse empreendimento, que utiliza soluções de engenharia da empresa Altus Sistemas de Automação S.A, é de R$ 26,8 milhões.

 

Segundo o diretor de distribuição do Grupo CEEE, Júlio Hofer, que acompanhou o trabalho no local, essa é uma das obras mais importantes do plano de investimentos da CEEE Distribuição. “A partir da entrada em operação dessa subestação, a capacidade de oferta da energia elétrica a parte do mercado da Capital, em especial aos clientes dos bairros Auxiliadora, Bela Vista, Bonfim, Centro, Independência, Floresta, Higienópolis,  Moinhos de Vento, Mont’Serrat, Petrópolis, Rio Branco, Santana e Santa Cecília, será duplicada”, diz, acrescentando que o empreendimento, além de melhorar a qualidade do fornecimento da energia elétrica, irá proporcionar uma maior confiabilidade da energia para o crescimento dessa região no futuro.

 

Tecnologia de Ponta

 

A Subestação Porto Alegre 5 irá operar com a mesma tecnologia de ponta já utilizada na unidade da Companhia existente no bairro Menino Deus em Porto Alegre. Essas subestações são telecomandadas e possuem controles modernos, que possibilitam um gerenciamento à distância a partir do Centro de Operação da Distribuição da empresa. A tecnologia a GIS proporciona maior segurança de operação, baixa manutenção e compactação de espaço para instalação das máquinas. Além disso, por serem colocadas em prédios fechados, todo ruído acústico e impacto visual são eliminados.

 

Nessa região da Subestação Porto Alegre 5 ainda, outras melhorias no sistema de distribuição estão sendo feitas pela CEEE Distribuição, conforme Julio Hofer. Uma dessas ações que envolveu um investimento de R$ 830 mil incluiu a instalação 18 religadores junto às redes das ruas Quintino Bocaiúva, Miguel Tostes, Engenheiro Teixeira Soares, 24 de Outubro, Silva Jardim, Florêncio Ygartua, Castro Alves, Ramiro Barcelo, Mostardeiro, Passo da Pátria e Protásio Alves. Esses equipamentos são operados de forma remota pelo Centro de Operação, permitindo um melhor gerenciamento do sistema elétrico da Companhia. O processo reduz o tempo de desligamento e a abrangência da interrupção, especialmente em momentos de contingência.

 

Julio Hofer destaca ainda que mais quatro novas subestações (Aeroporto, Porto Alegre 7, Porto Alegre 15 e Rincão) e que envolvem investimentos na ordem de R$ 100 milhões fazem parte do programa de obras da Companhia para melhorar a qualidade do fornecimento da energia elétrica às regiões Leste, Norte e Sul, respectivamente.

 

Imagens em: www.flickr.com/photos/grupoceee

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres