Notícias

CEEE e Eletrosul entregam obras de energia no RS

Evento ocorre sexta-feira, 23 de abril, na Subestação Santa Cruz 1

Por admin / Publicado: 21/04/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Na sexta-feira, 23 de abril, as empresas CEEE e Eletrosul entregam, à comunidade, duas importantes obras de energia para o desenvolvimento do Estado, em especial às regiões do Vale do Rio Pardo, Alto do Jacuí e Central. Por parte da CEEE, o empreendimento integra a primeira etapa da ampliação da Subestação (SE) Santa Cruz 1 (Área da Transmissão do Grupo CEEE), que beneficia uma população de aproximadamente 400 mil pessoas de 16 municípios gaúchos, onde foram investidos R$ 11,6 milhões. A obra incluiu, além da adequação e modernização da SE, a construção de uma linha de transmissão com 18 km de extensão e 44 estruturas metálicas, na tensão de 230 mil Volts (kV), interligando a Usina de Itaúba e a Subestação de Charqueadas, no município de Charqueadas. A partir de agora, o suprimento de energia em 230 kV à Subestação Santa Cruz 1 ocorre por meio de duas fontes independentes, ou seja, através da Usina de Itaúba e da Subestação de Charqueadas, obtendo-se assim maior confiabilidade no atendimento.

 

A obra da Eletrosul – Linha de Transmissão (LT) Presidente Médici/Santa Cruz 1 - tem 238 quilômetros de extensão e recebeu recursos na ordem de R$ 73 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, gerando cerca de 500 empregos, diretos e indiretos. A LT, com tensão de 230 mil Volts, ancorada por 573 tores (de 80, 65 e 30 metros), corta os municípios de Candiota, Pinheiro Machado, Santana da Boa Vista, Encruzilhada do Sul, Rio Pardo, Cachoeira do Sul, Vera Cruz e Santa Cruz do Sul, passando por 350 propriedades. A faixa de servidão indenizada totalizou 940 hectares, o que corresponde a 1316 campos de futebol.

 

Durante o evento, que ocorre às 14 horas, na Avenida Euclides Kliemann, 2756, no bairro Vila Nova, em Santa Cruz do Sul, a CEEE já anuncia a segunda fase da ampliação do empreendimento, no valor de R$ 20,4 milhões, composta pela instalação de três novos transformadores, dois com capacidade de 50 MVA e um com capacidade de 83 MVA. Este conjunto de obras proporciona maior confiabilidade ao sistema de energia que atende o município de Santa Cruz do Sul e região, um importante pólo industrial do Estado, cujas melhorias em infraestrutura, principalmente a abundância no fornecimento de energia elétrica são fatores incentivadores para que os municípios possam atrair investimentos futuros.

 

A Eletrosul acrescenta, ainda, que o excesso de chuvas e as cheias dos rios Camaquã, Jacuí e Iruí, especialemnte o segundo semestre de 2009 exigiu a adoção de uma logística toda especial para o cumprimento dos prazos, especialmente na montagem das torres que sustentam os cabos. Para contornar os contratempos climáticos, houve a necessidade da contratação de mergulhadores e lanchas para fazer a travessia do rio Iruí. Uma particularidade do empreendimento é que, em atendimento à condicionante ambiental, foram utilizadas duas torres especiais de até 80 metros de altura (a mais comum é da ordem de 30 metros) para viabilizar a travessia de rios da região. No total, a Eletrosul contabilizou, além das 573 torres - sendo duas de 80 metros e quatro de 65 metros – o uso de 716 quilômetros de cabos e 5,4 mil metros cúbicos de concreto.

 

As duas empresas de energia destacam que durante a realização das obras não houve acidentes de trabalho, além de ressaltarem a integração das áreas técnicas, ambientais e patrimoniais na implantação dos empreendimentos.

 

Municípios beneficiados

 

•     Santa Cruz do Sul

•     Rio Pardo

•     Vera Cruz

•     Passo Sobrado

•     Candelária

•     Sobradinho

•     Arroio do Tigre

•     Segredo

•     Passa Sete

•     Cachoeira do Sul

•     Novos Cabrais

•     Paraíso do Sul

•     Restinga Seca

•     Agudo

•     Vale do Sol

•     Venâncio Aires

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres