Notícias

CEEE e Governo do Estado assinam contratos para eficientizar hospitais e escolas do RS

O Programa, no valor de R$ 3,9 milhões, beneficia 13 hospitais e 54 escolas.

Por admin / Publicado: 07/01/2008 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

O Governo do Estado e a Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) firmaram acordo, nesta terça-feira (08), em Porto Alegre, com Prefeituras, Hospitais, Unidades de Saúde, Escolas e Órgãos Públicos, no valor de R$ 3,9 milhões, visando a eficientização energética dessas unidades de serviço e a conseqüente redução do consumo de energia elétrica. O evento de lançamento e assinatura do Programa de Eficiência Energética (PEE) - Ciclo 2006/2007 contou com a presença da Governadora do Estado, Yeda Rorato Crusius, que destacou a importância de compartilhar com as autoridades municipais o que vêm sendo realizado em todo Estado, ou seja, que é preciso investir e modernizar os serviços para poder economizar.

A modernização energética de diversos prédios localizados nos municípios da concessão da empresa poderá representar a esses consumidores uma economia mensal, especificamente no gasto com a iluminação, entre 25 e 30%. O trabalho consiste na substituição de reatores, lâmpadas e luminárias mais eficientes, incluindo a substituição de lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas, além da troca de bombas e motores no caso das estações de bombeamento de água. Esse projeto é realizado de acordo com a regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Entre os contratos contemplados nessa etapa estão a eficientização de 13 hospitais dos municípios da área de concessão da CEEE-D, localizados em Capão da Canoa, Jaguarão, Osório, Porto Alegre, Pelotas, Rio Grande, Santo Antônio da Patrulha, São Lourenço do Sul e Viamão, quatro unidades de saúde da capital, 20 escolas estaduais de Porto Alegre, 27 unidades de saneamento da Corsan e outras três estações de bombeamento do DMAE, além de prédios municipais, incluindo 34 escolas, de Arroio dos Ratos, Cerrito, Dom Pedrito e Osório e a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pelotas. Na capital, o projeto será executado nos Hospitais de Cardiologia, Clínicas e Pronto Socorro.

A previsão é de que as substituições dos conjuntos de reatores, luminárias, lâmpadas fluorescentes, bombas e motores estejam concluídas até o final do primeiro semestre deste ano. O trabalho de eficientização desses locais gerará uma economia de 4.086 MWh/ano de energia e uma redução de demanda de 1.229 kW. Em termos comparativos, esses valores representam ao consumo mensal de energia elétrica de um mês do município de Pinheiro Machado, que possui uma população de 12.700 pessoas.

O presidente do Grupo CEEE, Delson Martini, ressaltou a importância de destinar uma parte dos recursos em eficientização para melhorias em setores básicos, responsáveis pela prestação de serviços. "Nós oferecemos o nosso trabalho para ajudar outros segmentos a otimizarem recursos e, dessa forma, oferecerem serviços cada vez mais eficazes à comunidade", disse ao lembrar que a empresa tem dois grandes desafios para 2008. Segundo ele, o objetivo é fechar o ano com um lucro de R$ 100 milhões e atacar as perdas técnicas e comerciais da Companhia, como furtos de fios, de energia (os chamados gatos), além de dívidas com prefeituras e órgãos públicos. "Somadas, essas perdas representam cerca de R$ 53 milhões que deixam de entrar para os cofres da Companhia todo o ano", acrescentou.

O Programa de Eficiência Energética do Grupo CEEE – ciclo 2006/2007 – totaliza R$ 8,3 milhões. Além dos R$ 3,9 milhões, há projetos destinados aos consumidores de baixa renda e na área de educação e conscientização sobre o uso do produto. Incluindo os seis ciclos anteriores, o investimento da Companhia nos setores de educação, saneamento, prédios públicos e instituições de saúde ligados ao serviço público atingiram mais de 200 prédios, beneficiados com valores superiores a R$ 35,8 milhões.

Essa ação das empresas de energia atende a Lei 9.991 – da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), onde as concessionárias devem aplicar 0,5% de sua receita anual líquida em projetos de eficiência energética (combate ao desperdício de energia elétrica).

O secretário de Infra-estrutura e Logística, Daniel Andrade, a Diretoria do Grupo CEEE, os Prefeitos Municipais de Arroio dos Ratos, Cerrito, Dom Pedrito, Osório e Porto Alegre participaram da solenidade, que reuniu, ainda, Secretários de Estado e Diretores de órgãos públicos. O evento reuniu cerca de 150 pessoas no Centro Administrativo do Estado, em Porto Alegre.

Foto: fernando César Vieira - Grupo CEEE/ACS

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres