Notícias

CEEE e Renner investem R$ 1 milhão no bairro Bom Jesus

Projeto priorizará beneficiar instituições que atendem crianças, adolescentes e mulheres

Por admin / Publicado: 05/11/2009 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

Os diretores do Grupo CEEE, Financeiro, Caio Rocha, e de Planejamento e Projetos Especiais, Sérgio Ladniuk, participaram, nesta quinta-feira, do lançamento do edital de seleção de projetos que receberão recursos de R$ 1 milhão, fruto de uma parceria entre a Companhia e a Lojas Renner. Trata-se do projeto Promoção da Inclusão, Desenvolvimento e Articulação Socioeconômica e Geração de Renda do Bairro Bom Jesus. O investimento será feito no bairro, que é vizinho às duas empresas, e visa apoiar ações de instituições que prestem atendimento a crianças e adolescentes (através do esporte) e jovens e adultos, especialmente mulheres (através de capacitação profissional). As entidades podem cadastrar seus projetos até o dia 30 e devem seguir as orientações expressas no edital, entre as quais, obedecer ao prazo de dez meses de execução, a contar da assinatura do Termo Compromisso.

Representando o presidente do Grupo, Sérgio Camps de Morais, o diretor Caio Rocha, destacou a importância de participar da iniciativa, baseada na promoção do bem-estar da comunidade em que as empresas estão inseridas. Segundo ele, este é um dos papéis da empresa de controle acionário público. “O melhor recurso que alguém pode colocar como prioridade de Estado é o investimento na qualificação e na capacitação profissional, que, entre outras coisas, permite a superação da criminalidade e promove o desenvolvimento social”, analisou.

O secretário de Justiça e Desenvolvimento Social, Fernando Schüler, saudou a iniciativa, que conta com o incentivo da Lei da Solidariedade. Para ele, criou-se uma referência empresarial no sentido de se inserir e interagir com as comunidades próximas. “Temos o encontro de uma organização de controle estatal com uma da iniciativa privada, num projeto que vem sendo trabalhado há um ano. Com isso, estamos criando um benchmarking”. Já o diretor-presidente da Lojas Renner, José Galló, defendeu a prioridade ao atendimento de mulheres, crianças e adolescentes. “A inserção da mulher no mercado de trabalho é uma das nossas prioridades. Elas representam 75% dos nossos clientes e são 50% dos nossos executivos”, argumentou.

 

O bairro Bom Jesus

Habitado por mais de 30 mil pessoas, o bairro é formado por famílias que tem parte de seu sustento retirado do recolhimento, separação e comercialização do lixo. Segundo estatística de pesquisa realizada pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (FASC), 80% dos jovens infratores (de 8 a 18 anos) recolhidos no Centro da Capital são moradores da região da Grande Mato Sampaio, onde se localiza a Bom Jesus. Entre as causas, além da desestrutura familiar, também é citada a insuficiência de programas locais para a formação de crianças e adolescentes.

 

Lei da Solidariedade

Recursos obtidos por meio da Lei da Solidariedade permitem renúncia fiscal de até 75% do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) por parte do governo estadual. Este valor pode ser doado por empresas a entidades do terceiro setor que apliquem os recursos em projetos sociais.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres