Notícias

CEEE entrega obras de energia em Santa Cruz do Sul e anuncia novos investimentos para a região

Melhorias no sistema de energia beneficiam 400 mil pessoas de 16 municípios gaúchos

Por admin / Publicado: 23/04/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

A segunda fase da ampliação da Subestação (SE) Santa Cruz 1, da Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT), irá dobrar a capacidade de transmissão de energia para as regiões do Vale do Rio Pardo, Delta do Jacuí e Centro do  Estado, a partir de 2011. Composta pela instalação de três novos transformadores, dois com capacidade de 50 MVA (megavolts-ampère) e um de 83 MVA, a ampliação duplica a atual capacidade da subestação, em operação desde 1962, e que possui 171 MVA.

O investimento, que chega a R$ 20,4 milhões, foi anunciado pela Diretoria do Grupo CEEE, durante a inauguração oficial, em Santa Cruz do Sul, de um conjunto de obras executadas pelo governo estadual, através de CEEE, e federal, por meio da Eletrobrás/Eletrosul, totalizando valores superiores a R$ 84 milhões e beneficiando, diretamente, mais de 400 mil pessoas. O evento reuniu as diretorias do Grupo CEEE e da Eletrosul; autoridades municipais, entre eles o vice-prefeito Luiz Augusto Campis; os deputados estaduais, Adolfo Brito e Adão Villaverde;  representantes do setor elétrico nacional e de entidades da região; e empregados das duas empresas.

O presidente do Grupo CEEE, Sérgio Camps de Morais, que também representava a governadora Yeda Crusius na solenidade, além de ratificar as manifestações sobre a importância técnica das melhorias à economia do Rio Grande do Sul, fez questão de enfatizar a relevância desse fato à vida das pessoas. “Cada vez mais, a energia elétrica é decisiva e indispensável ao trabalho e ao dia-a-dia de cada um”, destacou Camps, acrescentando que o trabalho conjunto realizado pela CEEE e Eletrobrás/Eletrosul neste empreendimento é uma comprovação de que democracia pode funcionar e gerar resultados positivos.

A governadora Yeda Crusius, em mensagem especial aos participantes do evento, reforçou o esforço integrado da União e do Estado para a realização do projeto e a retomada dos investimentos em infraestrutura. “Todo empenho do nosso governo no sentido de restabelecer a capacidade financeira das estatais tem o mesmo princípio que levou ao Déficit Zero e à ampliação das receitas estaduais. Era preciso voltar a investir e a investir muito”, disse.

Para o diretor de transmissão do Grupo CEEE, José Francisco Pereira Braga, a duplicação da capacidade da Subestação, que irá beneficiar de forma mais significativa o setor industrial da região, deverá entrar em operação em 2011, e ser fundamental ao crescimento dos municípios pelos próximos 10 anos. Braga ressalta que a ação é necessária, porque Santa Cruz do Sul apresenta índices de mercado significativos, que colocam a região, hoje, como um importante centro de carga.

Melhor atendimento aos consumidores

Na primeira parte do projeto, a CEEE realizou a ampliação da Subestação (SE) Santa Cruz 1, e a construção de uma linha de transmissão com 18 km de extensão, na tensão de 230 mil Volts (kV), interligando a Usina de Itaúba à Subestação Santa Cruz 1 e à Subestação de Charqueadas, no município de Charqueadas, um investimento de R$ 11,6 milhões. Já a Eletrosul concluiu a Linha de Transmissão (LT) Presidente Médici/Santa Cruz 1, de R$ 73 milhões, com 238 quilômetros de extensão. Durante o evento, as áreas técnicas das duas Companhias destacaram que, a partir de agora, o suprimento de energia em 230 kV na região possui alternativas, o que é importante para aumentar a confiabilidade do sistema e o consequente atendimento aos consumidores, especialmente em caso de contingências.

O Grupo CEEE, através CEEE-GT, investiu, de 2007 a 2009, R$ 139 milhões na expansão do sistema de transmissão de energia do Rio Grande do Sul, um parque formado por 60 subestações, 7.650 MVA de capacidade de transformação instalada e mais de seis mil quilômetros de linhas de transmissão no Estado. Em 2010, está prevista a conclusão de mais dez obras, representando R$ 34 milhões. Para 2011, os investimentos planejados pela empresa chegam a R$ 232 milhões em outras 22 obras de infraestrutura energética.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres