Notícias

CEEE entrega obras de infraestrutura em Pelotas e Região

Presidente e diretor, na oportunidade, destalham investimento feitos pela Empresa na região

Por admin / Publicado: 16/12/2014 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

O presidente do Grupo CEEE, Gerson Carrion de Oliveira, e o diretor de Distribuição, Guilherme Barbosa, entregam, nesta terça-feira, 16, um novo alimentador que vai abastecer a praia do Laranjal. O investimento faz parte de um conjunto de obras próprias realizadas pela Companhia que totaliza recursos da ordem de R$ 177,5 milhões (em empreendimentos executados ou contratados) na região, no período de 2011 até 2016.

A nova rede de média tensão fortalece o abastecimento de energia em toda a área litorânea da praia do Laranjal, Colônia Z3 e Balneário dos Prazeres, além de atender também o crescimento da construção civil, bem como outros empreendimentos responsáveis pela mudança do cenário de desenvolvimento econômico do Laranjal.

Trata-se de um alimentador, com extensão de 12 quilômetros, entre a Subestação Pelotas 1 e a praia do Laranjal, composto por equipamentos de alta tecnologia, com a instalação de 144 postes de concreto, rede compacta e religadores automáticos. Este conjunto de equipamentos reduzirá a incidência de desligamentos por contato de árvores na rede e tornará o fornecimento de energia mais confiável em casos de temporais. A construção beneficia diretamente uma população de 40 mil habitantes.

Investimento na Distribuição de energia na região de Pelotas

Segundo o presidente do Grupo CEEE, Gerson Carrion de Oliveira, para atender a demanda e o crescimento da região, a Companhia realizou investimentos de R$ 177,5 milhões entre 2011 e 2014. Foram recursos aplicados em obras de infraestrutura como a construção e ampliação de novas de subestações, linhas de alta e média tensão, alimentadores e melhorias nas redes de média e baixa tensão para os municípios atendidos pela Gerência Regional Sul da CEEE, em Pelotas. Além das obras que já foram concluídas, uma série de investimentos está sendo executada e começa a operar a partir de janeiro, garantindo maior segurança e confiablidade para o abastecimento de energia elétrica da região.

Carrion destaca obras como a construção da subestação Pelotas 5, localizada no bairro Santa Terezinha, com investimento aproximado de R$ 22,2 milhões, que está em fase de finalização de terraplenagem, com capacidade de transformação de 50 MVA e oito saídas de alimentadores. A previsão de entrada em operação é no segundo semestre de 2015 e serão beneficiados 80 mil consumidores da Zona Norte da cidade.

O presidente também salienta a ampliação da subestação Pelotas 4, na Estrada do Monte Bonito, integrante do Programa Qualidade no Campo. A obra está em fase de projeto executivo e a mobilização das equipes em campo deverá ocorrer no mês que vem, com aplicação de recursos na ordem de R$ 4,6 milhões, beneficiando 43 mil consumidores. A obra tem previsão de entrada em operação comercial no segundo semestre de 2015. Além dela, também estão em fase de implementação as subestações (Ses) de Morro Redonto, Piratini e Pelotas 1 (PEL 1). Para atender a nova capacidade da SE PEL 1, encontra-se construção a nova linha de transmissão que interliga as SEs PEL 1 e Quinta. A obra tem investimento de R$ 17,6 milhões e prazo de conclusão para o segundo semestre do ano que vem.

As obras de infraestrutura na Região Sul do Estado, segundo o presidente do Grupo CEEE, também são importantes na área de transmissão para qualificar o sistema. Entre esses empreendimentos, destaca-se a construção realizada pelo consórcio Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE) com participação da CEEE-GT, que será responsável pela emancipação da Zona Sul do Estado da dependência da geração regional. Ele cita que estes serão os primeiros ativos da Companhia em 525 kV. “É uma obra que vai conectar os complexos eólicos desta região ao restante do País, além de fazer parte da infraestrutura que comporá a integração elétrica e energética do Mercosul e do continente”, relata Carrion. O empreendimento de R$ 866 milhões entra em operação em janeiro de 2015.

O presidente acredita que com este montante de obras se reafirma o compromisso de empresa pública do Grupo CEEE. “Estamos qualificando a prestação deste serviço essencial com qualidade e melhoria contínua à sociedade gaúcha, cumprindo com a missão de protagonizar o desenvolvimento socioeconômico do Estado e da Região”, conclui.

O diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Guilherme Barbosa, destaca a modernização da tecnologia adotada pela Companhia nas obras feitas Gerência Regional Sul, com sede em Pelotas. “Instalamos 53 chaves telecomandadas a distância com investimento aproximado de R$ 2,4 milhões, que possibilitam melhor monitoramento da rede e diminuição do tempo de atendimento em casos de manobras ou desligamentos”, relata. As medidas reduzem o custo operacional, melhoram os indicadores de continuidade e suas compensações, aumentam a possibilidade de manobras e a segurança na operação dos equipamentos instalados nas redes de distribuição.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres