Notícias

CEEE faz últimos testes para telecomando de subestações do Norte do RS

Centro de Telecomando da região Norte fica na Subestação Santa Marta, em Passo Fundo.

Por admin / Publicado: 08/03/2012 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Até a próxima semana, a CEEE realiza os testes finais para a implantação do Centro de Telecomando de Subestações da região Norte do Estado. O Centro está localizado na Subestação (SE) Santa Marta da CEEE, em Passo Fundo, vai operar, à distância as SEs Lagoa Vermelha 2 (230/138kV), Panambi (69/23kV) e Tapera 2 (230/69kV) por um sistema integrado de supervisão, controle e proteção. A medida oferecerá maior confiabilidade na operação do sistema e na realização de manobras mais rápidas e seguras quando for necessário restabelecer o fornecimento de energia em casos de falta de luz. Além disso, os técnicos que atualmente operam as unidades passarão a desenvolver atividades na região para prevenir falhas no sistema elétrico.

A implantação de centros de telecomando, como o de Passo Fundo, é parte de um programa de modernização das SEs da área de Transmissão da CEEE. Este será o terceiro Centro de Telecomando da Companhia. Os dois já instalados ficam em Canoas e Caxias. Estão previstos outros em Santo Ângelo, Gravataí e Pelotas.

O chefe da seção de Operação Norte, Luiz Zapanni, afirma que um dos principais pontos de melhoria é que os técnicos poderão monitorar o sistema instantaneamente. “Todas as SEs serão melhor acompanhadas, permitindo agilidade na hora de recompor eventual falha”, pondera. O chefe do Departamento de Operação de Instalações, André Boff Cruz, salienta o fato de a nova tecnologia permitir maior rapidez no restabelecimento de anormalidades, mais confiabilidade no sistema e redução de possíveis falhas de operação.

Para viabilizar o comando à distância, foram instalados equipamentos digitais de ponta nas subestações e no Centro de Telecomando, além de adequações do sistema de transmissão de dados. A expectativa é de que, até o fim de 2014, todas as subestações da Companhia estejam telecomandadas. No caso de subestações antigas, parte dos equipamentos de controle e dos relés de proteção está sendo substituída gradativamente por materiais modernos, a fim de possibilitar o telecomando também nessas unidades. As futuras unidades, como a de Ijuí, já são construídas com esse potencial.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres