Notícias

CEEE faz blitz junto aos consumidores de energia no interior

O trabalho integra a campanha de combate ao desperdício de energia elétrica

Por admin / Publicado: 14/02/2008 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

A Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE D), empresa do Grupo CEEE, realiza novas blitz de economia de energia elétrica nos municípios atendidos pela concessionária neste final de semana. O objetivo da ação é alertar aos consumidores para que adotem medidas de racionalização quanto ao uso dos aparelhos eletroeletrônicos no dia-a-dia. O programa iniciou no último final de janeiro, em Capão da Canoa, e continua em diversos municípios gaúchos durante o verão. A programação já aconteceu em Balneário Pinhal, Tramandaí, Torres, Arambaré, Tapes, São Lourenço, Cassino, Osório, Mostardas e Tavares. Na região da Campanha, as áreas comerciais da Companhia de Bagé, Pinheiro Machado, Dom Pedrito, Candiota e Lavras do Sul realizam um evento simultâneo de esclarecimentos aos clientes nesta sexta-feira (15), das 8 às 17 horas. No sábado, 16, a CEEE de Osório faz atividades em Caraá, Santo Antônio da Patrulha e Capão da Canoa e, na zona Sul do Estado, a blitz ocorre, durante todo dia, na praia do Laranjal. Na próxima segunda e terça-feira, estão agendadas mobilizações semelhantes em Morrinhos do Sul, Três Forquilhas e Terra de Areia.

Na campanha, em conjunto com o Governo do Estado, houve, durante três dias, a distribuição de 35 mil prospectos com dicas específicas sobre o consumo e o valor da energia, em kWh (quilowatt hora), aos motoristas que passaram pelos guichês da Concepa, em Santo Antônio da Patrulha. Além disso, o material de divulgação está à disposição do público nas 29 agências da empresa e nas três centrais de cobrança.

Segundo o presidente do Grupo CEEE, José Francisco Pereira Braga, mesmo sem risco de racionamento no Estado, é sempre importante reforçar os ensinamentos sobre o uso correto da energia e a segurança do produto. Ele alerta para que a população utilize os equipamentos elétricos sempre racionalmente, ou seja, sem desperdício. "Isso é bom para o consumidor e também para a empresa", ressalta, lembrando que a demanda máxima instantânea no Rio Grande do Sul, registrada no último dia 10 de janeiro, foi de 4.823 megawatts (MW), o que está dentro da previsão da Companhia, que possui, hoje, uma capacidade de fornecimento de cerca de 5.500 MW.

Consumo crescente

A CEEE Distribuição atende 1,38 milhão de clientes em 72 municípios nas regiões sul, campanha, litoral norte e capital. Desse total, 85%, ou 1,18 milhão, são residenciais e representam 33% do consumo. Essa faixa apresentou um crescimento de 6,1% em 2007, comparado ao ano anterior. Braga informa que, nos últimos anos, está havendo uma mudança no comportamento das famílias gaúchas. "Com a queda dos preços dos aparelhos de ar condicionado e dos eletroeletrônicos, em função da desvalorização do dólar, somado às facilidades do crédito e ao aumento do poder aquisitivo, pelo crescimento de 7% da economia do Rio Grande do Sul, esses equipamentos vêm ganhando maior ênfase no consumo", explica. Conforme estudo elaborado pelo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica), o consumo do setor residencial brasileiro é de cerca de 7,5 milhões de megawatts por hora (MWh), mas poderia ser 25% menor. Isso significa que a cada R$ 4 cobrados na conta, aproximadamente, R$ 1 é para cobrir o custo com o desperdício de energia elétrica.

Na página da CEEE na internet, além de dicas sobre economia de energia, há um simulador de consumo, onde o usuário pode verificar o gasto de cada aparelho, por dia e por mês, conforme a potência do eletrodoméstico e o tempo de uso. O site da empresa pode ser acessado no endereço

www.ceee.com.br.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres