Notícias

CEEE finaliza regularização de energia na Vila Jardim Renascer em Porto Alegre

Ação que integra o Programa Energia Legal beneficia famílias que moram nessa localidade da Zona Norte da Capital

Por admin / Publicado: 05/08/2014 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Equipes da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) fizeram a retirada, nesta terça-feira (05), de toda rede clandestina existente nos acessos da Vila Jardim Renascer, nas proximidades Complexo Cultural do Porto Seco, na zona Norte de Porto Alegre, em Porto Alegre, onde vivem aproximadamente 150 famílias. A ação que inclui a limpeza da rede e retirada dos chamados “gatos” encerra a implantação do Programa Energia Legal na comunidade, integra o projeto de construção de redes de energia adequadas em locais onde até então havia somente ligações irregulares.

Esse trabalho segue aos padrões técnicos da concessionária e visa oferecer cidadania e segurança à população. Nesta região da Capital, recentemente, já foram regularizadas as comunidades Vila Coqueiros, Vila da Conquista e Vitória da Conquista, o que representa mais de mil consumidores beneficiados. O processo é integrado, também, por reuniões periódicas com a comunidade, onde são explicadas todas as etapas do projeto: os direitos e deveres da empresa e do cliente, a instalação da rede e dos kits de entrada da medição, até a ligação das unidades consumidoras.

Seis meses de conta educativa

Por um período de seis meses, os clientes residenciais monofásicos do Jardim Renascer recebem, ainda, a conta educativa, que traz impresso a taxa mínima de energia da unidade consumidora. Para as ligações bifásicas, a medida é válida por três meses. Junto, a Companhia envia, mensalmente, um documento mostrando quanto seria o valor real da conta. Essa ação da empresa tem o objetivo de fazer com que as pessoas entendam a importância de se utilizar racionalmente a energia elétrica. O valor mínimo dessa tarifa educativa hoje é de aproximadamente R$ 14,00.

Quem participa do programa e paga em dia as 12 primeiras parcelas dos kits de entrada da medição (por meio da própria conta) recebe um abono das 12 últimas prestações.

Segundo a presidente da Associação dos Moradores do Jardim Renascer, Mirian Lopes, o momento é de comemorar essa conquista e agradecer à dedicação dos técnicos da Companhia que estiveram sempre disponíveis enquanto o trabalho era realizado para ajudar nos esclarecimentos de todas as etapas do programa e nos benefícios da regularização às famílias. “Agora, estamos vivendo em paz, e principalmente com segurança, sem risco de incêndios e sem novos aparelhos queimados, que nos últimos anos foram diversos pela instabilidade da rede elétrica”, diz.

Com a adoção de programas de regularização de redes de energia da CEEE, incluindo o Energia Legal, que tem um orçamento anual de R$ 3,5 milhões, a Empresa já beneficiou 5,5 mil famílias nos dois últimos anos. Como resultado, a Companhia emitiu 67,2 mil faturas, o que corresponde a R$ 5 milhões de faturamento e a uma arrecadação de R$ 4,4 milhões. A adimplência dos clientes no projeto está na ordem de 88%.

 

 

Mais imagens dessa ação e outras fotos do Grupo CEEE em http://www.flickr.com/photos/grupoceee. Crédito:Fernando C. Vieira

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres