Notícias

A CEEE

CEEE flexibiliza parcelamento para inadimplentes na pandemia

Por Andreia Fantinel / Publicado: 21/08/2020 Última modificação: 24/08/2020 10h27

Compartilhar

Como forma de facilitar a regularização dos pagamentos àqueles clientes que tiveram dificuldade de quitar suas faturas de energia, a CEEE Distribuição está flexibilizando a possibilidade de parcelamento dos consumidores inadimplentes. As negociações poderão ser feitas com os clientes que tiverem a partir da segunda fatura em atraso (antes era só para quem já estava com três faturas ou mais atrasadas). O objetivo é permitir que as pessoas evitem a suspensão do fornecimento, que poderá voltar a ser feita a partir da próxima segunda-feira, 24. Outra facilidade possibilitada pela concessionária para o cliente é a solicitação remota dessa negociação. Para pedir o parcelamento, o cliente agora pode entrar em contato com a Empresa pelo teleatendimento (0800-721-2333) para que cada situação seja verificada pontualmente. Em até um dia útil a CEEE fará contato pelo telefone indicado pelo cliente para negociar os débitos. Antes o processo precisava ser feito de forma presencial. 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a retomada da suspensão de fornecimento a clientes inadimplentes a partir de 01 e agosto. Mas o órgão regulador condicionou a execução a novo aviso, com prazo de 15 dias para a regularização por parte do cliente – o que foi apresentado na fatura recebida durante este mês. Além dos clientes de baixa tensão residenciais, na próxima semana serão retomados os cortes para os clientes inadimplentes de alta tensão, que também poderão negociar suas contas. Eles receberam o reaviso em correspondência específica, durante o mês de agosto, indicando a data do corte, caso a situação junto à Companhia não fosse regularizada.
A suspensão dos cortes foi determinada pela Aneel no início da pandemia. No final de julho, foi publicada nova resolução (891/2020), permitindo que as concessionárias voltem a fazer a suspensão do fornecimento de praticamente todos os clientes. Exceção apenas àqueles cadastrados como Residencial Baixa Renda ou onde existam pessoas usuárias de equipamentos de autonomia limitada, essenciais à preservação da vida, que dependam de energia elétrica. Nos dois casos, a informação precisa constar no cadastro da concessionária e essa solicitação é de responsabilidade do cliente. Os cortes podem voltar a ser suspensos em situações específicas, como se algum município decretar o fechamento de bancos ou casas lotéricas, por exemplo. Em caso de dúvida, a orientação da CEEE Distribuição é que os clientes procurem sempre um dos canais oficiais de atendimento da Empresa, pelo 0800-721-233 ou agência virtual, pelo www.ceee.com.br.