Notícias

CEEE GT instala subestação móvel em Maçambará

O equipamento entrou em operação nesta quinta-feira (31).

Por admin / Publicado: 31/01/2008 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

A Diretoria do Grupo CEEE, através da Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEE GT), colocou em operação no final da tarde desta quinta-feira (31) uma Subestação (SE) Móvel de 20 MVA (Megavolt-Ampère), em Maçambará, fronteira oeste do Estado. Esse equipamento, que funcionará por 60 dias, vai melhorar o fornecimento de energia elétrica ao município, especialmente nesta época do ano, quando a utilização dos levantes hidráulicos para irrigação das lavouras de arroz eleva o consumo de energia elétrica na região. O anúncio sobre a instalação da subestação foi feito pelo presidente do Grupo CEEE, José Francisco Pereira Braga, ao prefeito Hugo Vonorino, que esteve em visita à sede da empresa, em Porto Alegre.

Na ocasião, o presidente Braga informou que, com essa decisão, não haverá mais corte de carga junto aos consumidores. Segundo ele, "com a unidade de energia, instalada junto à Subestação de Maçambará, que já possui dois transformadores, um de 83 MVA e outro de 25 MVA, haverá um reforço na carga e capacidade de atendimento da demanda de energia". O presidente do Grupo CEEE adiantou ao prefeito Vonorino que já está incluído no planejamento do setor elétrico a duplicação da SE Maçambará, a qual será executada tão logo seja dada autorização pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão regulador do Sistema Elétrico Nacional.

O município de Maçambará, que possui uma população de aproximadamente seis mil pessoas, é atendido pela Concessionária AES Sul, que recebe a energia elétrica para distribuição aos seus clientes dos equipamentos (subestações, linhas e conexões) que compõem a infra-estrutura do sistema de transmissão da CEEE GT.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres