Notícias

A CEEE

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres

Por lcjardim / Publicado: 24/06/2020

Compartilhar

A CEEE Geração e Transmissão enviou na tarde desta quarta-feira, 24, à Fepam, a documentação para obter licença para ampliação da usina de Bugres, localizada em Canela. O projeto básico do empreendimento, aprovado pela Aneel no fim de maio, vai aumentar em mais de 50% a potência instalada da Pequena Central Hidrelétrica (PCH), de 11,12 MW para  17,62 MW, com instalação de uma nova unidade geradora de 6,5 MW. O investimento, estimado em R$ 28 milhões, deve ser ajustado em função dos impactos da covid na economia e no valor do dólar. O início da operação comercial da nova máquina está previsto para o segundo semestre de 2022.

De acordo com o diretor de Geração do Grupo CEEE, Carlos Augusto Almeida, a aprovação do sumário executivo pela Aneel demonstra a qualidade do projeto e encerra uma discussão que vem desde a assinatura do contrato de concessão da usina, em 2000, e pacifica as mudanças econômicas, legais e ambientais que ocorreram desde então. Por ser um projeto prioritário da Companhia, o andamento do licenciamento será monitorado diariamente na Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura. “Além do incremento na potência, a ampliação da PCH Bugres reafirma o compromisso da CEEE em gerar energia com fontes renováveis e com baixo impacto ambiental”, destaca.

 

Sobre a Usina de Bugres:

A PCH Bugres está em operação desde 1952 e baseia-se na transposição entre as bacias hidrográficas do Caí para a do Sinos: a vazão do rio Santa Cruz, que corre em altitude de mais de 700 metros, é regularizada pelas barragens do Divisa, do Blang e do Salto, localizadas no município de São Francisco de Paula (RS), e conduzida através de um túnel para o vale do rio Santa Maria, em Canela. A usina está situada no fundo do vale, junto à confluência dos arroios Santa Maria e Bugres.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres