Notícias

CEEE intensifica trabalhos do PLT e atende a mais famílias

Nos primeiros 11 meses do ano, a CEEE quase dobra o atendimento, em relação ao realizado nos dois anos anteriores.

Por admin / Publicado: 28/11/2007 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

Instituído pelo Decreto nº 4.873, o Programa Luz para Todos (PLT) completou, neste mês de novembro, quatro anos de existência, e tem como meta atender a mais de dois milhões de famílias brasileiras residentes na área rural. Além de levar energia elétrica àquelas pessoas que ainda não dispõem deste benefício, o grande desafio do Programa é fazer chegar aos cidadãos residentes nos locais mais isolados do País, não apenas os benefícios da energia elétrica, como, também, o próprio desenvolvimento econômico e social das comunidades envolvidas no processo. Como são famílias das áreas rurais, o processo, por si só, acaba inibindo os movimentos migratórios para os grandes centros, estimulando as pessoas a permanecerem no campo e permitindo o aumento da renda dessas populações, assim como a sua qualidade de vida.

No Rio Grande do Sul, a Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) tem intensificado seus trabalhos para o atendimento às famílias cadastradas no PLT. De 2004 a 2006, a CEEE realizou seis mil ligações em todo o Estado. Só nos 11 primeiros meses deste ano, a Companhia já efetivou o atendimento a 4.812 famílias residentes nos municípios da área de abrangência da empresa, que se encontram cadastradas no Programa. "Nesta primeira etapa, a meta é concluir o atendimento a 15 mil famílias", afirma o Diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Rogério Sele da Silva, lembrando que a empresa já se encontra em negociação com a Eletrobrás para a realização da próxima etapa, que acontecerá em 2008, e beneficiará mais de seis mil famílias. "Após a contratação desses serviços, será montada nova programação visando a realização dessas obras ao longo de 2008", disse.

A CEEE-D já concluiu as obras do PLT nos municípios de Palmares do Sul, Três Cachoeiras e Terra de Areia, entre outros. Na implantação do Programa, foram encontradas algumas características diferenciadas. As áreas com maior número de ligações a serem efetuadas encontram-se no segmento rural da região sul do Estado. Apesar dos investimentos já realizados pela Companhia em Canguçu, por exemplo, que é o município com o mais elevado número de minifúndios do Brasil, ainda existe uma demanda expressiva a ser contemplada na região. "Estamos atentos a este tipo de situação, que tem sido enfrentada pela Companhia como prioritária", afirmou Rogério Sele.

O diretor de Distribuição do Grupo CEEE explicou que, nesta etapa estão sendo investidos mais de R$ 42 milhões para o atendimento das famílias cadastradas no PLT e contratadas junto a Eletrobrás. Ressaltou que, além dos inúmeros benefícios da eletrificação rural a famílias residentes em municípios gaúchos, outra vantagem que as comunidades do interior estão percebendo é o significativo incremento das economias locais, através da geração de emprego e da renda, proporcionado pelas oportunidades de trabalho em função das obras do PLT. "Algumas autoridades municipais nos têm revelado que a movimentação causada pelas obras de eletrificação rural tem modificado a rotina dos moradores, parecendo, em alguns casos, verdadeiros canteiros de obras", comentou o diretor.

O Programa Luz para Todos prevê que a ligação de energia elétrica, nas residências atendidas por rede monofásica, seja feita através de um ponto de luz por cômodo, limitado a três, e duas tomadas, serviço este totalmente gratuito, que pode ser solicitado à concessionária de distribuição de energia elétrica.

Foto: L.A Ferreira

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres