Notícias

CEEE investe em pesquisa sobre geração sustentável de energia

Companhia firmou contrato que poderá alavancar o desenvolvimento sócio-econômico regional

Por admin / Publicado: 25/02/2011 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Um contrato firmado recentemente entre a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) e a empresa NBN Projetos e Consultoria em Sistemas propiciará, a médio e longo prazo, o desenvolvimento sustentável de municípios gaúchos e ganhos financeiros à CEEE, através da diversificação de sua matriz energética. Tais benefícios serão decorrentes do projeto “Sustentabilidade Energética e o Desenvolvimento de Municípios: geração de energia elétrica e renda”, constante do programa 2010 de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor Elétrico (Aneel) – CEEE-GT, que, a partir de metodologia de análise elaborada pela NBN, irá diagnosticar a potencialidade de cinco cidades do interior do Estado, que sediam agências e seções técnicas da CEEE Distribuição: Santa Vitoria do Palmar, São Jerônimo, Santo Antônio da Patrulha, São José do Norte e Canguçu.

 

Contratada em edital de licitação na modalidade concurso, caberá à NBN, no prazo de 12 meses, detalhar a cadeia produtiva e as atividades relacionadas com cada alternativa energética nas cidades selecionadas para este estudo, além de elaborar metodologia para a definição de propostas de desenvolvimento local e um plano de ação para um município piloto. Diretor da NBN e coordenador do projeto, o engenheiro André Bianchi ilustra as descobertas obtidas em análises deste porte. “É possível diagnosticar potenciais de geração de energia a partir de fontes renováveis, a exemplo de recursos hídricos, eólicos, solar com painéis fotovoltaicos e solar direto para aquecimento de água, biodiesel, produção de álcool a partir da cana-de-açúcar, utilização do lixo ou esterco animal para produção de biogás ou queima direta: todas constituem possibilidades renováveis. Outra fonte que poderá ser evidenciada, ainda, é o carvão. Nesse caso, porém, faremos apenas uma citação do potencial, já que esta fonte não é renovável”, enumera Bianchi.

 

A escolha das cinco cidades, localizadas em área de concessão da CEEE Distribuição, foi demandada em 2009 pelo atual presidente do Grupo CEEE e também Diretor de Geração da Companhia, Sérgio Souza Dias. Dias havia proposto análise do potencial destas localidades do ponto de vista da geração de energia. Intitulado “Avaliação do Potencial de Sustentabilidade Energética dos Municípios”, o projeto efetivado há dois anos pela empresa catarinense Geomon, constatou que é grande a quantidade de cana-de-açúcar em Santo Antônio da Patrulha e de madeira em Canguçu, recursos que poderiam ser aproveitado na biomassa, utilizada na produção de energia a partir da combustão de material orgânico produzido e acumulado em um ecossistema. Em Santa Vitória do Palmar e São José do Norte, a possibilidade vislumbrada é a energia eólica, proveniente dos ventos e, em São Jerônimo, o atrativo é o carvão, empregado nas termelétricas.

 

Gerenciado na Companhia pela Divisão de Meio Ambiente da Área de Geração, o projeto “Sustentabilidade Energética e o Desenvolvimento de Municípios: geração de energia elétrica e renda” consiste em um investimento alicerçado nos valores do setor de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo CEEE, já que a análise dos potenciais energéticos indicados para cada lugar poderá resultar em futuros empreendimentos, como a expansão do parque gerador de energia elétrica da Companhia, através de projetos ambientalmente viáveis. As informações coletadas poderão inclusive servir como subsídio para o planejamento municipal das cidades examinadas.

 

“Os municípios serão favorecidos de várias formas, podendo-se vislumbrar uma série de investimentos relacionados à exploração das potencialidades energéticas, como o turismo, a pesca e o lazer. Em contrapartida, a CEEE, além dos ganhos financeiros advindos da exploração de novas gerações e comercialização de energia, estará contribuindo com o desenvolvimento regional, em uma interação positiva a sua imagem institucional. Sei que existem rios com algum potencial para geração de energia nestas cidades, mas inicialmente é preciso avaliá-los com base em dados da própria Empresa”, acrescenta Bianchi. A metodologia desenvolvida levará em conta a análise dos potenciais de sustentabilidade e toda a pesquisa será baseada em trabalhos científicos focados em aspectos distintos, a exemplo da avaliação do poder energético do biodiesel, dos ventos em determinada região e do impacto de um empreendimento do setor energético nas comunidades locais, entre outras variáveis.

 

Na foto, o Diretor de Planejamento e Projetos Especiais do Grupo CEEE, Luiz Antônio Tirello (primeiro à esquerda), na assinatura do contrato com a NBN Projetos e Consultoria em Sistemas.

 

Fonte: Carla Damasceno Ferreira (texto) e Beto Rodrigues (foto).

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres