Notícias

CEEE investe para melhorar indicadores e atender o aumento do consumo de energia durante o verão

Recursos nas obras emergenciais de energia elétrica são de R$ 166 milhões

Por admin / Publicado: 16/10/2011 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

A CEEE conclui o terceiro trimestre de 2011 trabalhando na finalização de obras importantes para suprir o consumo crescente durante o verão e atender com maior qualidade aos consumidores do Rio Grande do Sul. Esse conjunto de melhorias é resultado de um estudo solicitado pela Diretoria às áreas técnicas, ainda no primeiro semestre deste ano, com o objetivo de priorizar investimentos represados da Companhia. Segundo o presidente do Grupo CEEE, Sergio Souza Dias, "com estas obras, queremos reduzir ao máximo os riscos de desabastecimento, especialmente no verão, estação que, historicamente, apresenta crescimento e até recordes de consumo no Estado". Na opinião de Dias, o resultado dessa ação pode ser verificado na melhoria dos indicadores de qualidade do serviço. A informação foi divulgada hoje (17) em encontro de toda Diretoria Colegiada com os empregados da Regional Sul da CEEE, em Pelotas.

Entre os índices com melhoria significativa de desempenho, destacam-se o que mede a qualidade da energia entregue aos consumidores (Índice de Unidades Consumidoras com Tensão Crítica, ICC), a duração média das interrupções (DEC), a frequência das interrupções (FEC) e os cálculos de compensação dos indicadores (DMIC). Sobre o ICC, a Empresa apresenta tendência de queda nos últimos dois anos, quando oscilou seus índices em reduções que variaram entre 23,33% e 31,4%. Quando comparado com anos anteriores, evidencia-se uma melhora substancial com relação a índices superiores a 47% das amostras com tensão crítica que chegaram a ser verificadas.

Com relação ao DEC, a tendência apresentada é de ficar próxima aos limites estabelecidos pela agência reguladora no período de 2011 e bem abaixo do valor realizado em 2010. Já na análise do FEC, a Companhia deverá ficar abaixo dos limites estabelecidos pela agência reguladora, como também de sua própria realização no ano passado. Os indicadores DIC, FIC e DMIC são calculados para as Unidades Consumidoras individualmente e são compensados na conta de energia ou de acordo com critério estabelecido no módulo 8 do Prodist (Procedimentos de Distribuição). A CEEE-D apresenta um valor que está em torno de 50% menor do que o de 2010. Este ganho, segundo os técnicos da Companhia, é resultado do alinhamento de processos pré e pós-operatórios, empurrados pelas certificações e por investimentos nos sistemas de média e baixa tensão.

Obras para atender ao aumento do consumo no verão

A chegada do verão e o registro de temperaturas altas elevam o consumo de energia, principalmente entre os meses de janeiro e abril. A estimativa do Grupo CEEE é de que a demanda máxima no Rio Grande do Sul possa alcançar, nesse período, 5.725 megawatts (MW). Os investimentos voltados a aumentar a confiabilidade do sistema ultrapassam a marca dos R$ 166 milhões em 2011 e incluem melhorias na ampliação e manutenção do sistema, além de reforço no atendimento e na operação.

Na área de concessão da CEEE Distribuição,os recursos na ordem de R$ 9 milhões são voltados ao fornecimento de energia elétrica da Costa Doce, Litoral Sul e Litoral Norte, e visam atender, especialmente, as demandas de veraneio, sem contar o que foi aplicado nos demais municípios e na Região Metropolitana, incluindo a capital gaúcha. Na área de transmissão, estrutura que atende todo o Rio Grande do Sul, os investimentos da Companhia aplicados em instalação de transformadores, bancos de capacitores e reatores, ampliação de subestações, extensão de linhas de transmissão, entre outras medidas, totalizam R$ 156 milhões.

A partir de dezembro próximo, nas agências localizadas em balneários, a CEEE irá também reforçar o atendimento presencial. As lojas da Companhia, nessas localidades (litoral norte e sul) passarão a abrir aos sábados pela manhã e atenderão ao público também nas vésperadas dos feriados de Finados e Proclamação da República. Além disso, o teleatendimento 24 horas pode ser acionado pelo 0800-721-2333, bem como o serviço de torpedo, em casos específicos de falta de luz. O lançamento oficial desse novo serviço da empresa ocorre na próxima segunda-feira, 24, onde o cliente envia uma mensagem para o número 27307, com a palavra luz e mais o número da instalação. O número do protocolo ao cliente também é enviado, em seguida, por mensagem. Ainda como preparação para o verão, a área de operação irá reforçar os plantões e sobreavisos das equipes de suporte de rede.

 

Investimentos do Grupo CEEE para o Verão 2011/2012

Obras da Transmissão -

TOTAL: R$ 156,5 milhões
  • Instalação de TR 230/138kV 50MVA SE Quinta – R$ 3 milhões
  • Instalação de TR 69/23kV 25MVA e novo setor de 23kV SE Camaquã – R$ 3,6 milhões
  • Instalação de TR 69/23kV 6,25MVA provisório (na SE Quinta para atendimento orizicultura) - R$ 0,5 milhões
  • Seccionamento da LT 230kV CIN-PEL3 na SE Guaiba 2 – R$ 5 milhões
  • Ampliação da SE Santa Cruz 1 – R$ 21 milhões
  • Ampliação da SE Guarita – R$ 14 milhões
  • Ampliação da SE Scharlau – R$ 32 milhões
  • Ampliação da SE Ijuí  – R$ 3 milhões
  • Instalação de EL 69kV SE Polo Petroquímico – R$ 1,1 milhão
  • Instalação de reator 230kV 25MVA SE Livramento 2 – R$ 4 milhões
  • Instalação de Banco de Capacitores SE Panambi – R$ 0,9 milhão
  • Instalação de Banco de Capacitores SE Cruz Alta – R$ 0,9 milhão
  • Construção do Setor de 138kV SE Canoas 3 – R$ 6 milhões
    • Aquisição SE Móvel – 30MVA – R$ 7,8 milhões
    • Reforma do TR 230/13,8kV 50MVA
    , SE PAL 13 – R$ 1,0 milhões
  • Inspeção Aérea em LT´s 230 kV – R$ 0,5 milhão
  • Supressão Vegetal sob LT´s – R$ 2,3 milhão
  • Obra em parceria com o Consórcio TPAE, cuja previsão de término está previsto para o verão de 11/12
  • - LT 230kV Subterrânea Pal 9 – Pal 4 – R$ 55 milhões

    Manutenção e obras da Distribuição

    TOTAL: R$ 9 milhões
    • Costa Doce
    • Ampliação da Subestação São Lourenço do Sul, que aumentará a capacidade em mais de 30%, com conclusão prevista para janeiro de 2012 – R$ 5,8 milhões.
    • Instalação de novo transformador da Transmissão na Subestação Camaquã 1, que dobrará a capacidade da subestação – R$ 300 mil

    • Recondutoramento parcial do AL 22, em Arambaré, para melhorar a confiabilidade e níveis de tensão – R$ 58 mil

    • Instalação de rede multiplexada no TR 298, em Arambaré – R$ 6,2 mil

    • Recondutoramento parcial do AL 01 e AL 02, em Tapes – R$ 891,8 mil

    • Interligação do AL 01 e AL 05 para ter opção de manobra, em Tapes – R$ 226,5 mil

    • Instalação de rede multiplexada no TR 1200, Tapes – R$ 7,2 mil

    • Serviços de manutenção, podas e desmatamento

    • Pelotas
      • Substituição de um transformador de 17 MVA por um novo de 25 MVA, aumentando a capacidade em quase 50%, na Subestação Pelotas 4. O investimento é de R$ 90 mil.

      • Obras de manutenção. Investimento de R$ 87,2 mil em novembro e dezembro.

        • Litoral Sul:

        • Aquisição e instalação de novo transformador na Subestação Cassino, que dobrará a potência atual da SE. Investimento de R$ 1 milhão.

        • Recondutoramento da saída de quatro alimentadores do Balneário Cassino. Investimento de R$ 484 mil.

        • Extensão e complementação de rede na Estrada da Balança, em Santa Vitória do Palmar, para retirar carga do alimentador do Hermenegildo. Investimento de R$ 113,8 mil.

        • Litoral Norte:

        • Aquisição e instalação de novo transformador na Subestação Tramandaí, que ampliará a potência instalada em 66%. O investimento é de R$ 1 milhão.

        • Investimentos de R$ 78 mil em podas preventivas, em janeiro de 2012.

        • Em manutenção foram investidos R$ 489 mil, em 105 obras.

        Glossário da listagem de obras que constam nesta matéria:

        SE: Subestação

        LT: Linha de Transmissão

        TR: Transformador

        EL: Módulo de Entrada de Linha

        MVA: Megavolt-ampère

        kV: Quilovolt

        Últimas Notícias

        Categoria
        A CEEE
        Data
        04/07/2020

        CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

        Categoria
        A CEEE
        Data
        24/06/2020

        CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres