Notícias

CEEE investe R$ 17,7 milhões na área de Transmissão

Obras foram anunciadas pelo secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, durante a interiorização do governo

Por admin / Publicado: 30/09/2011 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Está prevista para junho de 2012 a conclusão da instalação de um transformador de 230/138kV na Subestação (SE) Taquara. A obra ampliará em 78% a capacidade de atendimento de carga e aumentará a confiabilidade no fornecimento de energia para os municípios de Taquara, Igrejinha, Parobé, Rolante, Campo Bom, Lindolfo Collor, Morro Reuter, Presidente Lucena, Riozinho, Santa Maria do Herval e Três Coroas. O anúncio foi feito na manhã de hoje, 30, pelo secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, na reunião de Interiorização do governo em Taquara.

Com investimentos de R$ 17,7 milhões, as obras na SE Taquara beneficiam, também, os municípios de Cachoeirinha, Parobé, Canela e Osório, devido às interligações com as subestações existentes nesses locais.

Além da ampliação da subestação, a CEEE tem 20% de participação na Linha de Transmissão Campo Bom – Taquara, de 230 kV, em parceria com a Transmissora de Energia Sul Brasileira – TESB. Essa Linha possui 23 km de extensão e proporcionará maior confiabilidade ao atendimento da região da serra gaúcha atendida pela subestação Taquara e da região metropolitana próxima à SE Campo Bom. A nova Linha tem investimento total de R$ 15,5 milhões e deverá entrar em operação comercial em julho de 2013.

As obras de energia para a região de Taquara integram o conjunto de subestações e linhas de transmissão do Lote A do Leilão ANEEL 008/2010, que prevê ainda as subestações Porto Alegre 12, Restinga, Candelária 2 e Viamão 3; e as Linhas de Transmissão Porto Alegre 9 – Porto Alegre 8, Porto Alegre 9 – Nova Santa Rita, Restinga – Porto Alegre 13 e Restinga – Viamão 3.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres