Notícias

CEEE lança eficiência energética para arrozeiros

Projetos serão recebidos entre 15 de abril e 30 de junho e receberão recursos totais de R$ 1,5 milhão

Por admin / Publicado: 30/03/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

Reunião ocorrida ontem, 29, na sede do Grupo CEEE, em Porto Alegre, marcou a assinatura da autorização para o lançamento de chamada pública que abrirá espaço para inscrições de projetos de eficiência energética em lavouras de arroz. O documento comunica aos clientes e interessados que a Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) receberá entre os dias 15 de abril e 30 de junho de 2010 propostas de projetos para o ciclo 2010, num total de R$ 1,5 milhão para contemplar a orizicultura irrigada.

O encontro reuniu representantes de entidades ligadas a produtores de arroz, para quem a ideia foi apresentada. O documento foi assinado pelo presidente do Grupo CEEE, Sérgio Camps de Morais, pelos diretores de Distribuição, Rogério Sele, e Financeiro, Caio Rocha, além do presidente da Federarroz, Renato Rocha, do Irga, Maurício Fischer, e pelo diretor e coordenador da Comissão de Arroz da Farsul, Francisco Schardong. Conforme o presidente Camps, os projetos serão executados pela empresa, o consumo será medido antes e após a implantação da eficiência para que o recurso retorne à empresa e possa beneficiar novos projetos. “Um produtor que economizar 50% da conta com a eficientização, por exemplo, seguirá pagando o valor integral que consumia até que o investimento da CEEE seja quitado”, projetou.

Os representantes dos produtores se dispuseram a oferecer espaços em seminários, feiras e eventos do setor para que a empresa possa apresentar a possibilidade e dirimir as dúvidas dos orizicultores sobre o projeto. Legalmente, a CEEE precisa destinar 0,5% da receita operacional líquida para aplicar em programas de eficiência energética. Além destes projetos na área rural anunciados, também serão contemplados com os recursos consumidores residenciais de baixa renda, com R$ 6,5 milhões; e unidades consumidoras que desenvolvam atividade sem fins lucrativos das classes serviços públicos e poder público, com verbas da ordem de R$ 2,8 milhões.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres