Notícias

CEEE promoveu Oficina de Eco Arte na comemoração aos 49 anos do Jardim Botânico

Durante o dia, criação de trabalhos com materiais de origem vegetal dos hortos florestais da CEEE e bricadeiras educativas.

Por admin / Publicado: 16/09/2007 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

O Grupo CEEE realizou, no domingo, 16, no Jardim Botânico, em Porto Alegre, uma Oficina de Eco Arte, aberta ao público. O evento integrou as atividades dos 49 anos da instituição ambiental do Estado, servindo, também, para comemorar a entrada da Primavera, que, oficialmente, ocorre no próximo final de semana. Além da CEEE, participaram do Dia de JardinAção, a Fundação Zoobotânica, o programa Reciclar do Banrisul e diversos profissionais e ONGs, oportunizando a mais de 500 pessoas que passaram pelo Parque uma extensa programação, composta por oficinas, trilhas, mostras interativas, atividades voltadas para a saúde e apresentação de grupos musicais.

A Oficina de Eco Arte é um projeto de educação ambiental desenvolvido pelo Grupo CEEE e destina-se a aproximar as crianças dos elementos da natureza, proporcionando momentos de criação e produção artística, de reflexão e conscientização da relação do homem com o meio ambiente. Utilizando-se de materiais de origem vegetal, extraídos exclusivamente dos hortos florestais da empresa, o público pode explorar a criatividade e desenvolver obras com enfoque ambiental. Para a realização dos trabalhos, são utilizadas folhas de papelão reciclado, pequenos galhos, cascas de árvores, folhas, flores e frutos secos, sementes, serragem e outros produtos, com diferentes cores e texturas, naturais e tingidos, além de cola e giz de cera. Em paralelo, no "CEEE EcoTrilha", as crianças especialmente, podem aprender conceitos imprtantes sobre as formas de evitar o desperdício de água, luz e dos recursos naturais. O jogo tem 35 casas e 10 mensagens, que fazem com que os integrantes avancem ou retrocedam na brincadeira, dependedo do comportamento e hábitos de uso.

O Grupo CEEE possui 12 hortos florestais, com a função de proteção ambiental, e outros quatro de produção, que servem para suprir com postes de madeira as redes de energia construídas pela Companhia na sua área de concessão. Além dessas áreas verdes, a empresa tem, ainda, dois viveiros, onde são produzidas mudas exóticas (capacidade de um milhão ao ano) e nativas (330 mil ao ano).

 

Fotógrafo: Fernando C. Vieira - ACS/Grupo CEEE

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres