Notícias

CEEE recebe homenagem da Câmara Municipal de Osório

Diretoria participa do evento.

Por admin / Publicado: 17/04/2008 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

O presidente do Grupo CEEE, José Francisco Pereira Braga, acompanhado dos diretores e do gerente Regional do Litoral Norte, José Antônio Lopes dos Santos, empregados da CEEE e autoridades do município de Osório, participam, na próxima terça-feira, 22 de maio, às 19 horas, da Sessão Solene, na Câmara de Vereadores de Osório (rua Jorge Dariva, 1211), em homenagem aos 65 anos de fundação da empresa. A iniciativa foi do vereador e presidente da Câmara, Martim Calabresi, aprovada por unanimidade pelo legislativo.

Na oportunidade, os vereadores farão a entrega, ao presidente da CEEE, uma placa alusiva ao evento. José Francisco Braga considera uma honra a empresa estar recebendo mais esta homenagem. "Eu que sou empregado há 35 anos e faço parte desta história, sei o quanto a CEEE contribui para o desenvolvimento deste Estado", diz.

Segundo o presidente Braga, o Grupo CEEE investiu, no último ano, no litoral Norte mais de R$ 7 milhões, em obras do posto de interligação de linhas de transmissão, no município de Xangri-lá, no recondutoramento a linha de transmissão que interliga as subestações Osório 1 e Torres e na adequação da subestação Atlântida 2. Estes projetos permitiram que os veranistas tivessem uma virada de ano tranqüila, sem interrupção do sistema de abastecimento às praias do litoral. Além disso, a Companhia priorizou a manutenção dos 69 alimentadores vinculados às 12 subestações da região e dos 858 circuitos de baixa tensão, utilizados para o fornecimento de energia aos mais de 228 mil clientes das praias entre Torres e Quintão. Outro trabalho executado foi nos112 desdobramentos de circuitos de baixa tensão que estavam sobrecarregados. "Com este serviço, regularizou a tensão da energia (127 ou 220 Volts) nas unidades consumidoras de mais de cinco mil clientes", informa Braga.

No litoral norte, a CEEE possui 289 empregados distribuídos na central de Cobrança (responsável por renegociação de débitos), em Osório, Bases Técnicas (unidades de equipes operacionais) em Arroio do Sal, Terra de Areia e Palmares, e nas Agências Comerciais de Torres, Capão da Canoa, Tramandaí, Pinhal, Mostardas, Osório e Santo Antônio da Patrulha.

História da CEEE

A CEEE foi fundada em 1º de fevereiro de 1943. Hoje, o Grupo é formado pela Companhia Estadual de Energia Elétrica Participações (CEEE-Par), pela Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) e pela Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D). Conta com um quadro funcional de, aproximadamente, quatro mil empregados, em diversas áreas na capital e no interior.

A CEEE GT possui 15 usinas hidrelétricas, com uma capacidade instalada de 910,6 MW (megawatts). A empresa participa, também, em consórcio, de empreendimentos já concluídos, como as Usinas Hidrelétricas de Machadinho, Campos Novos, Jaguari Energética, Monte Claro e Dona Francisca, totalizando 190 MW. Há, ainda, outros 146 MW, que são resultado de parcerias com usinas em construção. Nesses projetos, estão a Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó, com 855 MW, e as Usinas Castro Alves e 14 de Julho, da Companhia Energética do Rio das Antas (Ceran), na serra gaúcha, empreendimento com potência total de 360 MW.

A área de transmissão detém a concessão em todo Rio Grande do Sul, contando com sete mil MVA (Megavolt Ampère) de potência instaladas em 59 subestações e seis mil quilômetros de linhas, sustentadas por mais de 15 mil estruturas. O investimento do Grupo, nesse segmento, está direcionado à expansão do sistema elétrico, nas telecomunicações, operação e manutenção do setor. "O nosso plano contempla ampliações e adequações em 16 subestações e implementação de quatro linhas de transmissão de 230 mil Volts. Entre as obras, estão a nova linha de 230 mil Volts, ligando as Subestações Gravataí 2 e Porto Alegre 8, e as ampliações das Subestações Porto Alegre 8, Porto Alegre 10, São Borja, Camaquã, Guaíba 2, Garibaldi e Panambi".

A CEEE D atende a 1,38 milhão de clientes em 26% do território do Rio Grande do Sul, o que representa cerca de 3,5 milhões de pessoas nos 72 municípios de sua área de concessão, localizada nas regiões Sul e Campanha, litoral Norte e parte da região Metropolitana, incluindo também a capital. A estrutura da Distribuidora é composta por 52 subestações, 59 mil transformadores, 29 mil quilômetros de redes e quase 700 mil estruturas de madeira e concreto, 29 agências comerciais de atendimento e 11 bases técnicas..

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres