Notícias

CEEE reduz pela metade tempo de interrupções no fornecimento de energia em Rio Grande

Melhoria do indicador resulta de investimentos no último ano e reflete diretamente na qualidade do serviço prestado ao cliente

Por admin / Publicado: 13/03/2016 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Os clientes da CEEE Distribuição em Rio Grande ficaram, em 2015, menos da metade do tempo que haviam sofrido de interrupções em 2014. No ano passado, o tempo médio de corte no fornecimento no município foi 19,49 horas, contra 42,88 horas no ano anterior. Importantes obras de expansão e manutenção do sistema de energia elétrica estão sendo concluídas para ampliar a qualidade da energia elétrica aos clientes atendidos pela Companhia no município. Os trabalhos feitos junto aos alimentadores (redes de média tensão) que partem das subestações Rio Grande 1 e Rio Grande 2 são classificados por Júlio Rosca, gerente regional da CEEE no Litoral Sul, como fundamentais para a melhoria do atendimento direto a aproximadamente 150 mil pessoas.

Segundo Júlio, essas ações envolvem recursos de mais de R$ 10 milhões somente no reforço das redes e já vêm proporcionando reflexos nos indicadores técnicos de qualidade medidos pela Companhia, o DEC (Duração das Interrupções) e FEC (Frequência das Interrupções). “Na comparação de 2015 em relação a 2014, em Rio Grande, houve uma redução de 50,2% do tempo em que os clientes ficaram sem energia elétrica. No indicador que mede o número de vezes que houve interrupção, a redução no mesmo período foi de 60%”, diz. Ele lembra que a própria Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) apontou a CEEE-D como a empresa que mais evoluiu em indicadores técnicos ao longo de 2015.

 No projeto que envolve a ampliação da subestação Rio Grande 1, localizada na Avenida Pelotas, 805, houve a substituição de postes de madeira por concreto, instalação de condutores com maior capacidade de condução de corrente elétrica e instalação de equipamentos especiais com acionamento remoto, permitindo a recomposição em caso de interrupções em um menor tempo. Esses investimentos, no valor de R$ 8,5 milhões, beneficiam diretamente 35 mil clientes dos bairros Cohab I, Cohab II, Ernesto Buchholz, Rural, América, Junção, Vila Braz, São Miguel, São João, Vila Recreio, Carlos Santos, Nossa Senhora de Fátima, Santa Rita de Cássia, Castelo Branco, Profilurb I, Rural, Bosque, América, Leônidas, Centro, Cidade Nova, Miguel de Castro Moreira, Hidráulica, Parque Coelho, Vila do Daer, Vila Ceres, Bernadeth, São Luiz, Pio XII, Parque Marluz, Maria José, São Jorge, Jardim Humaita, Loteamento Universitário, Vila Farinha, Paraíso e Trevo.

Já na Subestação Rio Grande 2, unidade instalada na Rua Engenheiro Alfredo Huck e que está passando por ampliação na capacidade de transformação instalada, as obras já executadas nos alimentadores de energia beneficiam 15,2 mil clientes dos bairros Cidade Nova, Centro, Lar Gaúcho, Navegantes, Getúlio Vargas, Porto do Rio Grande, Vila Mangueira e Distrito Industrial.

Outra Subestação que está passando por obras de ampliação na cidade é a Rio Grande 3, na Avenida Almirante Maximiano Fonseca, na Quarta Secção da Barra e que irá beneficiar aproximadamente 14 mil clientes localizados no Distrito Industrial de Rio Grande e São José do Norte.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres