Notícias

CEEE registra lucro líquido de R$ 96,3 milhões no primeiro semestre

Empresa consolida um ciclo histórico na sua biografia: três anos consecutivos com resultados positivos.

Por admin / Publicado: 15/08/2006 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

A direção da CEEE comemora o resultado do balanço do primeiro semestre de 2006, quando alcançou um lucro líquido de R$ 96,3 milhões - equivalente a mais do que o dobro do resultado atingido durante todo o exercício de 2005 (R$ 40,5 milhões).

Este resultado autoriza a empresa a projetar, para o ano de 2006, a consolidação de um ciclo histórico na sua biografia: um período de três anos ininterruptos de resultados positivos e crescentes, inédito nos últimos 30 anos de sua história.

O patamar de desempenho alcançado pela CEEE está acompanhado por um grande volume de investimentos realizados pela Companhia durante a atual gestão, que totalizará, até o final de 2006, o montante de R$ 667 milhões – recursos fundamentais para viabilizar a atração de investimentos, o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida da sociedade gaúcha.

Este ciclo de resultados positivos só se tornou possível graças às diretrizes de austeridade, probidade e eficiência comungada por toda a Administração Estadual e implementada com determinação por esta gestão, com a estrita colaboração e dedicação de todo o corpo funcional da Companhia, impulsionando a CEEE a um patamar de resultados e liquidez reconhecido de forma isenta pelos principais investidores do mercado financeiro. Fato que pôde ser constatado por ocasião da captação de recursos através do Fundo de Investimento de Direitos Creditórios (FIDC), lançado em janeiro deste ano pela Companhia, quando os papéis da CEEE foram rapidamente integralizados pelos investidores, com demanda 2,5 superior à oferta e com pagamento de taxas inferiores às inicialmente projetadas.

A diretoria da CEEE destaca em sua prestação de contas que os resultados alcançados também são conseqüência da realização de intensas ações de recuperação de créditos, bem como da redução dos valores dispendidos com o seu passivo trabalhista, fruto das linhas de ação estratégica pautada pela busca obstinada do equilíbrio econômico-financeiro e pelo processo continuado de melhoria das práticas de gestão.

A materialização dos reflexos desta estratégia está evidenciada no crescimento de 12,2% da receita bruta, que atingiu neste semestre R$ 1 bilhão e 425 milhões de reais, gerando um EBTIDA de R$ 778,9 milhões, com crescimento de 14,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

 

Ao lado do exame dos números da CEEE, que tem suas demonstrações contábeis premiadas como as melhores do setor elétrico brasileiro, a empresa obteve reconhecimento externo, nacional e internacional, através das mais reputadas premiações nas áreas Ambiental, de Responsabilidade Social e de Satisfação dos Consumidores. Entre elas:

  • Prêmio IASC 2005 de Satisfação do Consumidor, da ANEEL, como a melhor distribuidora de energia do Rio Grande do Sul;
  • Prêmio Latino-Americano de Responsabilidade Social 2006 (ESARH), pela excelência de seu programa de Responsabilidade Social, que já construiu, em conjunto com órgãos governamentais, 389 casas para índios Kaingang e Guarani no Estado do Rio Grande do Sul, e realiza oficinas de educação ambiental com trabalho voluntário em todo o Estado;

Prêmio Top de Ecologia Nacional 2005, concedido pela ADVB de São Paulo, em concurso avaliado por jurados especializados de todo o Brasil e Prêmio Expressão de Ecologia, concedido por um júri renomado de profissionais e cientistas da Região Sul do Brasil, pela avaliação do Programa de Reflorestamento para a produção própria de postes de madeira da CEEE, único em todo o Brasil. As ações deste programa demonstraram a capacidade dos hortos florestais da CEEE de liberar anualmente 145 mil toneladas de oxigênio na atmosfera e de seqüestrar (limpar) do meio ambiente 232 mil toneladas ao ano de dióxido de carbono.

 

 

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres