Notícias

CEEE retira rede clandestina do Loteamento Costa Gama, em Porto Alegre

Ação integra o Programa Energia Legal e proporciona a ligação regular para 223 novos clientes

Por admin / Publicado: 05/11/2014 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Equipes da CEEE concluem nesta quinta-feira, 06, o trabalho de retirada das ligações clandestinas - conhecidos como “gatos” - do Loteamento Costa Gama, no bairro Aberta dos Morros, zona Sul de Porto Alegre. A região, que inclui as ruas Omar Pereira, Stringhini e outros acessos, recebeu, através do Programa Energia Legal da CEEE, uma nova rede regularizada, que beneficia aproximadamente 300 famílias que moram no local. O investimento da CEEE na obra foi de R$ 146 mil e, conforme dados da Companhia, a estimativa é de que, com esta regularização, haja redução significativa de perdas no sistema e melhoria na qualidade da energia fornecida aos moradores do bairro.

O presidente da Associação de Moradores do Loteamento Costa Gama, Lucas Gomes Brum, diz que o trabalho foi excelente e irá melhorar muito a vida de todos, evitando problemas como queima de aparelhos e até incêndios. “Além das questões de segurança, agora poderemos tomar um banho sem precisar desligar todos os outros equipamentos”, avalia.

Pelo Programa Energia Legal, a CEEE fornece o kit monofásico e, por um período de seis meses, oferece aos clientes residenciais monofásicos uma conta educativa, que cobra a taxa mínima de energia da unidade consumidora, mas mostra também o valor real da conta. Essa ação da Empresa tem o objetivo de fazer com que as pessoas entendam a importância de se utilizar racionalmente a energia elétrica. O valor mínimo da tarifa educativa hoje é de R$ 14,00.

Ainda por meio do Energia Legal, os clientes que pagam as 12 primeiras parcelas dos kits de entrada da medição – incluídas na própria conta – recebem um abono das 12 últimas prestações, desde que estejam com o pagamento das faturas em dia. Durante o período de vigência da conta educativa, equipes da CEEE seguem fazendo visitas regulares aos consumidores que gastaram mais do que 250 kWh, com o objetivo de orientar sobre os hábitos de consumo que podem ajudar a reduzir o valor da conta.

Com o programa de regularização, a CEEE já beneficiou desde 2012 mais de 5,5 mil famílias, a maioria de comunidades da Capital. No total, nesse período, foram emitidas 67,2 mil faturas, o que corresponde a R$ 5 milhões de faturamento e a uma arrecadação de R$ 4,4 milhões. A adimplência dos clientes no projeto está na ordem de 88%.

 

Confira em http://www.flickr.com/photos/grupoceee as imagens dessa ação e outras fotos do Grupo CEEE, feitas por Fernando C. Vieira