Notícias

CEEE substitui tubulação da Usina Herval

Acesso ao local estará proibido para evitar acidentes

Por admin / Publicado: 16/12/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Perto de completar 70 anos de operação (em maio de 2011), a Usina Hidrelétrica do Herval passará por uma das maiores obras de manutenção de toda sua história. Com 320 metros de extensão, a tubulação que conduz a água da barragem até as unidades geradoras de energia ainda é a original. “Ela está comprometida devido à oxidação dos tubos, que ameaçam romper. Por isso, eles serão substituídos no início de 2011”, conta Marcelo Matte, chefe da divisão responsável pelas usinas da CEEE Geração e Transmissão na região.

A Companhia irá licitar a obra em janeiro e estima investir aproximadamente R$ 1,7 milhão. Durante seis meses, período necessário para a troca de toda a tubulação, os acessos à usina e à cascata estarão proibidos para evitar acidentes. “É importante que a população respeite as placas e os portões fechados, que restringem o acesso, por uma questão de segurança”, alerta Marcelo Matte.

Entre as medidas preventivas adotadas pela Companhia, está a manutenção do reservatório no nível mais baixo possível – suficiente apenas para manter a operação, mas diminuindo a pressão nos tubos –, e a instalação de um sistema de segurança que fecha automaticamente a comporta da barragem em caso de rompimento da tubulação.

A Usina do Herval, que tem capacidade de geração de 1,44 MW, estava há oito meses sem operar: o acúmulo de lixo no Rio Cadeia provocou uma pane na turbina. Em agosto, por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), as atividades foram retomadas. Desde então, Herval, que era automatizada e telecomandada pela Usina Canastra, em Canela, passou a contar com um funcionário da manutenção para reforço de segurança. “É importante destacar que, no período em que a usina estiver fora de operação, a cidade não ficará sem abastecimento de energia, pois o sistema elétrico brasileiro é interligado”, finaliza Marcelo.