Notícias

CEEE trabalha para normalizar atendimento após temporal

Rajadas de vento superiores a 88km/h provocaram interrupções a clientes da região metropolitana nesta quinta-feira, 30.

Por admin / Publicado: 29/10/2014 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Equipes da CEEE Distribuição trabalham desde o início da madrugada de hoje, 30, para recompor as redes que sofreram danos após o temporal. Por volta de 1h e, novamente, em torno das 4h desta madrugada, foram registradas rajadas de vento com velocidades superiores a 88km/h. Árvores caíram e galhos atingiram as redes, provocando rompimento de cabos e queda de postes.

Às 7h, a Empresa registrava 34 mil clientes sem energia na região metropolitana, concentrados em Porto Alegre e Viamão. Um contingente de 800 pessoas trabalharam para restabelecer o sistema e no atendimento aos clientes. Às 9h30, o número já havia caído pela metade e, às 17h, restam 1.500 unidades consumidoras para atendimento. A conclusão dos trabalhos está prevista para o fim da noite de hoje.

 

Para informar falta de luz: A maneira mais rápida e prática de comunicar falta de luz à CEEE é por torpedo. Basta enviar um SMS para 27307 com a palavra LUZ e o número de instalação (localizado no quadro amarelo da conta de luz). Além disso, a Central de Atendimento (0800 721 2333) e as agências estão também disponíveis (confira endereços e horários de atendimento no site www.ceee.com.br).

 

Tempo e critérios de atendimento: Quando há temporais, o número elevado de ocorrências e as condições geográficas (distância, dificuldade de acesso por alagamentos, queda de árvores e de barreiras) podem provocar aumento do tempo para o restabelecimento da energia elétrica. A CEEE Distribuição prioriza o atendimento das situações que envolvem risco de vida, serviços essenciais (como saúde, água e segurança) e, após, conforme os procedimentos estabelecidos pela ANEEL, as demais ocorrências, conforme o número de unidades consumidoras atingidas. Seguindo este critério, são verificados e reparados subestações, alimentadores (redes de média tensão), redes de distribuição e, por último, casos individuais. É importante ressaltar que, em áreas alagadas, por motivos de segurança, o fornecimento de energia só pode ser restabelecido após a normalização do nível da água.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres