Notícias

CEEE vai implantar subestação móvel para melhorar o atendimento em Pelotas

A partir de domingo será acrescentado mais 30 MVA no sistema elétrico da Cidade

Por admin / Publicado: 11/02/2014 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Os técnicos do Grupo CEEE vão instalar, neste próximo domingo,16, uma subestação móvel, com a capacidade de 30 MVA (megavolt ampère) junto à subestação Pelotas 2, localizada na rua Bento Gonçalves e que vai melhorar o sistema de fornecimento de energia elétrica para a cidade. Esta foi uma das principais definições, a serem realizadas em curto prazo pela CEEE, anunciadas pelo diretor de Distribuição da Empresa, Guilherme Barbosa na reunião  organizada pela Secretaria Administrativa do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social (CDES-RS).

O encontro foi realizado na tarde desta terça-feira, 11, no Auditório Simão Bolívar, no Centro de Integração do Mercosul e contou com a presença dos Secretários Estaduais do Conselho, Marcelo Danéres, de Infraestrutura e Energia, João Vitor Dominguez e do Gabinete dos Prefeitos, Jorge Branco, do Prefeito de Pelotas, Eduardo Leite e outras autoridades da região.

 Os diretores do Grupo CEEE, Guilherme Barbosa e Gilberto Silveira, da distribuição e transmissão, respectivamente aprsentaram na reunião, as providências e investimentos realizados pelo Grupo CEEE para serem implementados em Pelotas e Região. O encontro foi organizado pelo Conselho de Desenvolvimento Economico e Social atendendo uma  solicitação feita prefeito Eduardo Leite, na última visita que o governador Tarso Genro fez no município, em janeiro passado.

Segundo Barbosa, o abastecimento da cidade, neste útimo verão, apresentou uma série de situações que afetaram a normalidade do sistema. Ele citou o  a necessidade de manutenção ocorrida na Usina de Candiota, de propriedade da CGTEE, que é importante para a estabilizar a tensão do sistema elétrico, dois desligamentos nas Subestações Pelotas e 4,  da Companhia, além de uma série de temporais que afetaram as redes elétricas.

O município também foi afetado pelo desligamento ocorrido no último dia 04 de fevereiro estabelecido pelo Operador Nacional do Sistema (ONS), orgão que coordenana o sistema elétrico nacional.

A situação foi analisada pelos  técnicos da CEEE e definida junto com a área de transmissão da Companhia. A subestação móvel irá redistribuir as cargas da subestação, melhorando o fornecimento de energia. Que vai ser adotada pela Empresa é a construção de um novo alimentador, rede de média tensão, de oito quilômetros que vai - irá levar energia para o Laranjal. A obra vai atender outra reivindicação da comunidade. O alimentador ficará pronto para o próximo veraneio. 

 

Investimentos na Região

 

Na palestra feita pelos diretores da Empresa foram apresentados os investimentos em distribuição e transmissão que estão sendo feitos e programados para a região. Na área de distribuição, está a instalação da subestação Pelotas 1, em fase de implantação, num investimetos de R$ 10,9 milhões que beneficia 45 mil clientes da zona urbana da cidade e prevista para entrar em funcionamento no segundo semestre do ano que vem. A  melhoria  na Subestação Pelotas 4,  em fase de licitação, vai beneficiar 43 mil clientes, num investimento de R$ 6,9 milhões. Além delas, está prevista a construção da Subestação Pelotas 5, que está programada para  redistribuir  a carga das outras quatro subestações, programada para entrada em operação comercial até o segundo semestre do ano que vem, num investimento de R$ 24,8 milhões e benefio para 80 mil clientes.

Na área de transmissão, o diretor Gilberto Silva da Silveira falou sobre os investimentos da CEEE GT compostos pela instalação de um novo transformador de 230/138 (quilovolts) com 83 MVA (megavolt-ampere), aumentado a capacidade de transformação da subestação de 166 MVA para 249 MVA, um módulo de transformadroes e a construção de novos módulos na linha de transmissão entre as subestações de Pelotas 3 e 4.

Além disto está previsto a implantação de duas novas linhas de transmissão de 525 kV(quilovolts), fazendo a interligação entre as subestações de Povo Novo e Marmeleiro e outra entre Marmeleiro e Santa Vitória do Palmar. Ainda faz parte dos investimentos a instalação de um novo transformador de 138/13,8 kV de 25 MVA totalizando 50 MVA para atender a CEEE Distribuição.