Notícias

Chegam os equipamentos da nova Subestação Viamão 3

A nova unidade de energia que irá reforçar o sistema de energia na Região Metropolitana de Porto Alegre

Por admin / Publicado: 29/02/2016 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

A nova Subestação Viamão 3, que está sendo construída na divisa de Alvorada com Viamão, já está recebendo os  transformadores e materiais que vão compor a unidade de energia, prevista para entrar em operação a partir do segundo semestre deste ano. Em função do tamanho de equipamentos como transformadores, eles estão sendo transportados no período da noite, assegurando as normas de segurança para os deslocamentos. Vindos do Porto de Rio Grande, eles ficam estacionados no Porto Seco, na zona Norte de Porto Alegre, e de lá são levados, diariamente, até o terreno que vai abrigar o empreendimento, localizado na Avenida Aloísio Brixer, em Alvorada.

A subestação será composta por três transformadores de 83 MVA (megavolts-ampères). A unidade será configurada para interligar, através de oito novas linhas de transmissão, quatro conexões em 230 kV (quilovolts) que transportarão energia para as subestações Restinga (também em construção), Viamão, Porto Alegre 6 e Gravataí 2 (da CEEE Geração Transmissão) e outras quatro de 69 kV que vão beneficiar as subestações de Alvorada e Viamão, pertencentes à CEEE Distribuição.

A tecnologia utilizada será a GIS  (Gas Insulated Switchgear), o que significa que é isolada a gás SF6 e, entre os benefícios, apresenta maior segurança de operação, baixa manutenção e compactação de espaço para instalação das máquinas. A subestação será telecomandada e possui controle moderno, que possibilita um gerenciamento à distância, a partir do Centro de Operação do Sistema da CEEE. Para o diretor de Transmissão do Grupo CEEE, Luis Carlos Tadiello, a implementação desta nova subestação vai trazer maior confiabilidade para o sistema elétrico da Companhia na região metropolitana.

 

Confiabilidade no sistema de transmissão

O empreendimento está sendo construído pelo consórcio TESB (Transmissora de Energia Sul Brasileira), que tem o Grupo CEEE como maior acionista e participação das empresas a Procable e Insigna. Com investimentos de R$ 240 milhões aplicados, neste ano, serão agregados ao Sistema de Transmissão do Rio Grande do Sul quatro novas subestações (Restinga e Jardim Botânico em Porto Alegre, além de Viamão 3 e Candelária 2) e mais cinco Linhas de Transmissão em 230 kV(quilovolts) que interligam subestaçõs na Região Metropolitana, Taquara, Nova Santa Rita, Campo Bom, Santa Cruz e Candelária.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres