Notícias

Chuva deixa Grupo CEEE em alerta na região Central do Estado

Situação preocupa e está sendo acompanhada pelos técnicos da CEEE.

Por admin / Publicado: 05/01/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

Apesar do alto volume de chuva das últimas horas na região central do Estado, a situação nas áreas de Geração e Transmissão da CEEE está sob controle e equipes técnicas monitoram o nível dos rios e os efeitos do vento. Na Geração, a Usina de Dona Francisca, em Nova Palma, opera normalmente, mas a CEEE observa o nível de afluência do Rio Jacuí, que chegou a ficar 4,6 metros acima do normal, a fim de prevenir qualquer eventualidade, caso a água volte a subir. A vazão, hoje, está em 3,4 mil metros cúbicos por segundo, mas o pico ocorreu entre 18h e 19h de ontem, com 8.240 metros cúbicos.

Em Passo Real, as operações precisaram ser suspensas e voltaram nessa madrugada. A medida foi tomada para amenizar a cheia de Dona Francisca, que recebe a água proveniente dessa usina. Após a retomada do funcionamento, as comportas foram abertas para reduzir o acúmulo de água no reservatório Passo Real, que já está cheio. A situação está controlada, desde que não chova mais.

Na área de Transmissão, em decorrência da elevação do nível do Rio Pardo em 8 metros, houve colapso de 14 torres de linhas de transmissão (LTs) da CEEE-GT, em Candelária. Este evento interrompeu a operação das três LTs, que servem para fazer o escoamento da produção da energia gerada pela Usina de Itaúba, em Pinhal Grande, cuja capacidade é de 500 megawatts (MW). Apesar do problema, os últimos investimentos realizados pela empresa garantem condições para atender as necessidades do Estado, sem ocorrência de cortes de carga ou outro reflexo para a população.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres