Notícias

Smam promove debate sobre energia eólica no Grupo CEEE

Palestrantes divulgaram informações sobre a utilização desta fonte de energia renovável, colaborando assim para sua disseminação

Por admin / Publicado: 11/06/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Um público superior a 100 pessoas – formado por técnicos do setor elétrico, estudantes universitários e representantes de empresas e entidades convidadas - assistiu, dia 10, ao 2º Energia em Debate, cujo tema foi “Energia Eólica em Porto Alegre: uma possibilidade?”. Realizado pelo Centro de Referência em Energias Renováveis e Eficiência Energética de Porto Alegre (CRER-POA), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre (Smam), o evento teve como objetivo a divulgação de informações sobre a utilização desta fonte de energia renovável, colaborando assim para sua disseminação.

 

De acordo com um dos palestrantes, o engenheiro Jorge Lewis Esswein Jr., diretor técnico da empresa Energia Projetos e Investimentos Ltda., Porto Alegre não apresenta as condições ideais para a instalação de parques eólicos, com a conseqüente geração de energia de grande porte. Localidades mais isoladas são as ideais, pois não oferecem interferência na rota dos ventos. A Capital, no entanto, tem um bom potencial eólico, com ventos intermitentes no alto de morros e edifícios e parte em torno do Guaíba. Esta condição pode ser aproveitada em aerogeradores de pequeno porte, os quais poderiam ser utilizados no topo de prédios residenciais e comerciais.

 

O evento, em paralelo à Semana do Meio Ambiente do Grupo CEEE, ocorrida de 7 a 11 de junho, iniciou com a palestra “Cenários e Tendências da Utilização da Energia Eólica”, ministrada pela engenheira Jussara Mattuella, doutoranda do PPGEC da UFRGS. Os demais palestrantes abordaram temas como o desenvolvimento sustentável, o licenciamento de aerogeradores no Estado e os equipamentos para energia eólica no mercado brasileiro. Estiveram presentes o diretor de Planejamento e Projetos Especiais do Grupo CEEE, Olavo Lautert Valendorff, e o secretário municipal adjunto de meio ambiente, José Furtado. O 2º Energia em Debate contou com o apoio do Grupo CEEE, da Sulgás e do ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade.  

 

Na foto, o secretário municipal adjunto de meio ambiente, José Furtado.

 

Fonte: Texto: Carla Damasceno Ferreira. Foto: Beto Rodrigues. ACS/Grupo CEEE

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres