Notícias

A CEEE

Dono de minimercado é preso por furto de energia em Porto Alegre

Estabelecimento e casa estavam com cadastro encerrado desde maio de 2014

Por Andreia Fantinel (texto e foto) / Publicado: 19/11/2018 Última modificação: 12/11/2019 10h43

Compartilhar

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nesta terça-feira, 20, o dono de um minimercado, no bairro IAPI, zona Norte de Porto Alegre, por furto de energia elétrica. A identificação do crime foi feita por uma equipe da CEEE, que cortou o fornecimento de energia e retirou o medidor existente, por onde não havia registro de consumo. Além do estabelecimento, havia também uma residência e toda a ligação trifásica existente no local estava conectada diretamente ao poste da CEEE, sem registro de consumo desde maio de 2014. Levantamento inicial indica carga de 28,6 kW, num espaço que contava com pelo menos seis freezers e/ou geladeiras, dois chuveiros elétricos, dois aparelhos de ar-condicionado, forno elétrico, três televisores, entre outros.

As ações são feitas em parceria com a Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio (DRCP) da Polícia Civil e fazem parte do programa de recuperação de perdas da CEEE, que começou em agosto do ano passado e representa um investimento de R$ 102 milhões. Esses recursos estão sendo aplicados em tecnologia de medição e incremento de fiscalização de furtos e fraudes, numa iniciativa financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). Nos primeiros nove meses deste ano, as ações de fiscalização já foram responsáveis pelo incremento de receita da CEEE de aproximadamente R$ 63 milhões. Furtar energia elétrica configura crime continuado, previsto no artigo 155 do código penal, e pode resultar em até oito anos de prisão. 

Tags:

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres