Notícias

Eletricistas da CEEE mostram habilidade em Rodeio

Provas ocorrem até o final da tarde em uma Arena montada no Centro Administrativo da Companhia, em Porto Alegre

Por admin / Publicado: 17/10/2009 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

 

Teve início, hoje (17), a etapa regional do 2º Rodeio de Eletricistas da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D), reunindo um público de aproximadamente 500 pessoas na sede da empresa, em Porto Alegre. Durante toda a manhã, a Arena de Rodeio foi palco de três provas que exigiram, dos eletricistas, habilidade, segurança e agilidade na execução de tarefas do dia-a-dia. Nesta tarde, serão realizadas outras três provas, entre as quais os eletricistas deverão colocar seus Equipamentos de Proteção Individual – EPIs, com os olhos vendados em um menor espaço de tempo, observando rigorosamente as normas de segurança.

Neste rodeio diferenciado, ao invés de peões, cavalos e touros, 85 eletricistas têm a missão de escalar, simultaneamente, 15 postes utilizando todos os equipamentos de proteção individual e coletiva, materias utilizados nos trabalhos desenvolvidos junto às redes de energia elétrica. O palco da arena é formado por 15 estruturas de madeira, com 11 metros de altura cada uma. Além dos competidores, cada turma tem um padrinho e todos são observados – e avaliados - por 36 juízes na execução das seis tarefas , que variam entre 5 e 15 minutos cada uma. No time de juízes, oito integrantes são de outras concessionárias de energia do País.

Segundo o diretor de Distribuição da Companhia, Rogério Sele, que acompanha as provas, além do foco principal na segurança, o rodeio tem outros dois objetivos importantes: a padronização e melhoria de procedimentos para uma atuação mais rápida e segura no restabelecimento da energia e a integração e motivação dos trabalhadores. As equipes que chegaram a esta estas foram classificadas em três eliminatórias regionais nos meses de maio e junho deste ano, em Porto Alegre, Pelotas e Tramandaí.

O Rodeio integra as ações da Política de Segurança da CEEE que, desde o final de 2008, somente na área de Distribuição, representou investimentos de R$ 14 milhões na aquisição de EPIs (Equipamento de Proteção Individual), EPCs (Equipamento de Proteção Coletiva (EPCs) e ferramental usado pelos empregados que atuam especificamente na área técnica. Além disso, até o final deste ano, o investimento específico em programas de treinamento voltados para intensificar a preparação desse segmento de profissionais, formado hoje por 785 pessoas dos 72 municípios atendidos pela CEEE Distribuição no Rio Grande do Sul, alcançará valores na ordem de R$ 1 milhão.

 

Os melhores participam do Rodeio Nacional

 

Os quinze eletricistas melhor pontuados na disputa estadual de hoje passam para outra fase do Programa. Eles iniciam, já em novembro, uma preparação especial, desenvolvida com o apoio da área administrativa e de treinamento da empresa, que, entre outros objetivos, servirá, também, para definir as duas equipes que representarão a Companhia no Rodeio Nacional, realizado em paralelo ao Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica, em novembro do próximo ano na capital paulista.

O treinamento terá uma carga horária de 244 horas, distribuída em 11 módulos de 24 horas cada um. Junto com a preparação técnica, serão transmitidas noções sobre nutrição e saúde. Haverá uma disciplina específica de apoio psicológico para equipes de competição, apresentação de regras que devem ser executadas com agilidade e segurança, atividades práticas monitoradas e simulação de rodeio. Outro módulo dedica-se a avaliação física e clínica, no início e no final do treinamento, com acompanhamento psicológico e nutricional. O programa será desenvolvido até julho de 2010.

O rodeio de eletricistas teve origem nos Estados Unidos em 1990 e, no Brasil, foi implantado pela Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), em 2002, e agregado ao XVII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (Sendi), evento que acontece a cada dois anos e reúne as empresas de distribuição de energia de todo o país. Na CEEE, o primeiro rodeio ocorreu em 2006, de forma centralizada em Porto Alegre, e mobilizou aproximadamente 500 pessoas. Neste ano, considerando somente as três etapas regionais, o público participante das atividades realizadas em Porto Alegre, Pelotas e Tramandaí já superou a mil pessoas.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres