Notícias

Embaixador francês visita obras da Subestação Menino Deus

Empreendimento que será a segunda fonte de energia do Beira-Rio tem previsão de conclusão para março de 2014

Por admin / Publicado: 09/06/2013 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

A Subestação de Energia Menino Deus, que está sendo construída pela CEEE na avenida Padre Cacique, em Porto Alegre, recebeu, nesta segunda-feira (10), a visita do embaixador francês no Brasil, Bruno Delaye. Ele estava acompanhado de Gérard Larose, Diretor Brasil da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), instituição que, junto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), financia as empresas do Grupo CEEE nos empreendimentos de ampliação da infraestrutura energética do RS, em especial da região metropolitana. A comitiva foi recebida no local pelos secretários de Estado do RS: de Infraestrutura e Logística, Caleb de Oliveira, e do Esporte e do Lazer, Kalil Sehbe; pelo presidente do Grupo CEEE, Sergio Souza Dias; e pelos diretores da Companhia, Carlos Ronaldo Fernandes Vieira (Geração), Gerson Carrion de Oliveira (Financeiro e de Relações com Investidores), Gilberto Silva da Silveira (Transmissão) e Rubem Cima (Distribuição).

 Essa unidade de energia, que usará a moderna tecnologia GIS (Gas Insulated Switchgear), isolada a gás SF6, é um dos 43 empreendimentos que integram o pacote de financiamento da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) com o BID e a AFD. O pacote é composto pela implantação de 14 novas subestações, ampliação de outras dez e a construção de dez linhas de transmissão. O valor total dos recursos é de US$ 218 milhões (ou R$ 436 milhões), sendo US$ 130,5 milhões (R$ 261 milhões) do BID e US$ 87,4 (174,9 milhões) da AFD.

 Segundo o presidente do Grupo CEEE, Sergio Souza Dias, o empreendimento, com previsão de conclusão para março de 2014, vai atender ao crescimento do mercado nos bairros Assunção, Cristal, Menino Deus, Praia de Belas e Santa Teresa, e será, também, a segunda fonte de alimentação em 13.800 Volts ao estádio Beira Rio, local que sediará jogos da Copa do Mundo de 2014. Dias acrescenta que esse tipo de subestação compacta propicia baixa manutenção e oferece maior segurança na operação. “Por ser instalada dentro de um prédio, praticamente todo ruído acústico e impacto visual é eliminado”, diz.

Em paralelo a esse empreendimento, será construída uma linha de transmissão subterrânea entre as Subestações Porto Alegre 10 (Ipiranga com Lucas de Oliveira) e Menino Deus. A Autorização de Início das Obras desse projeto de R$ 9,6 milhões ocorreu na última sexta-feira, 07. A mesma tecnologia da subestação Menino Deus será utilizada na nova subestação Porto Alegre 5 (SE PAL 5), empreendimento que já está em execução e ocupará o terreno onde hoje opera a subestação, atualmente apenas da Distribuição, na rua Casemiro de Abreu, esquina com a Lucas de Oliveira.