Notícias

Grupo CEEE assina contrato de concessão para construção de obras vencida em leilão

Consórcio constituído para a construção de 3 novas subestações e 500 quilômetros de linhas de transmissão na região no Sul RS

Por admin / Publicado: 26/08/2012 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Foi assinado hoje, 27, em Brasília, na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o contrato de concessão do leilão de transmissão 05/2012, vencido pelo Consórcio formado com as empresas CEEE-GT (Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica) e Eletrosul (Centrais Elétricas do Sul do Brasil). As empresas serão responsáveis pela construção de um conjunto de obras arrematadas no Lote A do leilão realizado em junho último, composto por três subestações de 525/230 kV, 491 quilômetros de linhas de transmissão, seccionamentos e modificações nas subestações Camaquã 3 e Povo Novo, todas na região Sul do Estado.

A união das duas estatais teve um caráter estratégico, com a formação da Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE), uma sociedade de propósito específico, cuja composição societária é de 51% da Eletrosul e 49% da CEEE-GT.

O investimento de R$ 700 milhões vai permitir a instalação de usinas eólicas e de novos complexos industriais na região, além de melhorar a confiabilidade, segurança e a qualidade do sistema elétrico nacional, especialmente no período do verão. As obras vão gerar mais de 3.500 empregos diretos e a previsão é de que sejam concluídas no início de 2014.

 

Assinaram o Contrato de Concessão 020/2012, pelo Grupo CEEE, o diretor de transmissão, Gilberto Silva da Silveira, e o diretor de distribuição, Rubem Cima, que representou o presidente Sergio Souza Dias; e pela Eletrosul, o presidente Eurides Luiz Mescolotto e o diretor administrativo e financeiro, Antonio Vituri. O secretário Beto Albuquerque, que participou da solenidade, disse que esse fato consolida um novo momento de grandes investimentos no setor de infraestrutura energética do Estado, prioritário para a expansão e o crescimento do Rio Grande do Sul. Ele acrescentou que com os novos empreendimentos que estão sendo fechados pela Companhia nas áreas de geração e de transmissão, em consórcios e parcerias público privadas, o investimento do Programa RS Mais Energia já é superior a R$ 2,5 bilhões, para o período 2012-2014

 

Para o diretor de transmissão da CEEE, Gilberto Silva da Silveira, estas obras são de extrema importância para o Estado, pois passam a integrar o Plano Industrial do Governo,  possibilitando ao Grupo CEEE alcançar uma nova tomada de posição no setor elétrico nacional. Ele ressalta que este é o primeiro empreendimento da Companhia em 525 kV, em 69 anos de história e através da participação em leilões, a empresa está retomando a participação em grandes investimentos que vão colocar, outra vez, a a CEEE num lugar de destaque no cenário nacional. Outro fator importante é a questão tecnológica, indispensável para o crescimento e o desenvolvimento do setor elétrico, especialmente na Região.

 

 

Mais sobre as obras

O lote A, arrematado pelo consórcio CEEE-GT e Eletrosul, é composto pelos seguintes empreendimentos: subestações Povo Novo (525/230 kV), Marmeleiro (525 kV) e Santa Vitória do Palmar (525/138 kV); linhas de transmissão Nova Santa Rita - Povo Novo, Povo Novo - Marmeleiro, Marmeleiro - Santa Vitória do Palmar (todas em 525 kV); seccionamento da linha Camaquã 3 - Quinta na Subestação Povo Novo (230 kV).

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres