Notícias

Grupo CEEE promove primeira Eco Arte de 2007

Evento visa estimular a consciência de preservação ambiental nas crianças

Por admin / Publicado: 19/01/2007 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

A primeira Oficina de Eco Arte do Grupo CEEE deste ano será realizada neste sábado, dia 20, das 9 às 16 horas, nas dependências do Quiosque da Prefeitura Municipal de Osório, na praia de Atlântida Sul, Litoral Norte do Estado. A iniciativa tem como objetivo promover a aproximação das crianças aos elementos da natureza, proporcionando momentos de criação e produção artística, bem como a reflexão e conscientização quanto aos aspectos da relação do homem com a natureza.

Para o desenvolvimento dos trabalhos, as crianças recebem folhas de papelão (30 x 42 cm); pequenos galhos, cascas de árvores, folhas, flores e frutos secos, sementes, maravalha, serragem e outros materiais de origem vegetal, com diferentes cores e texturas, naturais e tingidos, todos provenientes dos hortos florestais mantidos pelo Grupo CEEE, além de cola, pincéis atômicos e giz de cera.

Essas atividades educativas e de estímulo à criatividade, projetadas e desenvolvidas pelo Comitê de Meio Ambiente em parceria com a Assessoria de Comunicação Social do Grupo CEEE, foram realizadas em 27 ocasiões ao longo de 2006 nos municípios de São Lourenço do Sul, Rio Grande, Pelotas, Bagé, Salto do Jacuí, Mostardas, Canela, Osório, Tramandaí, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Pinhal e Porto Alegre, mobilizando mais de 1.800 participantes.

As oficinas de Eco Arte integram o premiado Programa de Responsabilidade Social e Ambiental em Redes da CEEE (RESAR + CEEE), que conta ainda com o Programa de Reflorestamento e Produção de Postes de Madeira, Produção de Kits de Madeira Reflorestada para Casas Indígenas Kaingang e Guarani e Produção de kits de Madeira Reflorestada para lazer comunitário nas Escolas Públicas.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres