Notícias

Missão chinesa na CEEE prevê apoio integral às obras

Representantes da Zhejiang e do governo chinês elogiaram o desenvolvimento e o gerenciamento da energia na Empresa

Por admin / Publicado: 29/03/2011 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

O governo chinês dará suporte político e financeiro para a parceria da empresa Zhejiang Insigma United Engeneering CO Ltd com a CEEE-GT para a construção de quatro novas subestações e cinco linhas de transmissão. A garantia foi dada nesta terça-feira, 29, pelo vice-diretor-geral do Departamento de Comércio da província de Zhejiang, Han Jie, durante visita para conhecer a estrutura do sistema de transmissão de energia elétrica da CEEE. “Temos boas expectativas para que o contrato para execução da obra seja assinado o mais depressa possível e possamos começar o trabalho”, planejou. Han Jie, que veio a convite da presidente da empresa chinesa sócia da CEEE, Lin Lying, acrescentou, ainda, ter ficado impressionado com o nível de gerenciamento e desenvolvimento do sistema de energia elétrica que encontrou na Companhia e disse que, com base no desenvolvimento econômico brasileiro e nas possibilidades de fontes alternativas de geração, aposta em novos empreendimentos conjuntos no futuro.

O grupo de chineses (da empresa Zhejiang Insigma United Engeneering CO Ltd e da província de Zhejiang) assistiu a uma apresentação da CEEE, o papel no setor elétrico brasileiro e um raio-x da transmissão, com o total de linhas e de subestações, onde estão e a rede no mapa do Rio Grande do Sul. Depois, visitou o Centro de Operação do Sistema da Transmissão (COS) e o Centro Técnico de Aperfeiçoamento e Formação (Cetaf). Para o coordenador do projeto na CEEE, engenheiro eletricista da Diretoria de Transmissão Aciron Brasil da Rosa, a visita foi positiva. Ele acredita que os chineses saíram satisfeitos com o que viram sobre a CEEE e sobre a cidade de Porto Alegre, onde prospectam a possibilidade de novos negócios. “O grupo já manifestou interesse em manter a parceria conosco para o próximo leilão da Aneel, para a construção de uma nova subestação em Camaquã e mais duas linhas de transmissão – uma ligando Camaquã a Quinta (em Rio Grande) e outra ligando Camaquã a Nova Santa Rita, na Região Metropolitana –, num total de 300 km de linha”, projetou.

Uma nova missão chinesa deve retornar ao Estado em breve para reuniões de trabalho com representantes do governo.

O empreendimento

A CEEE-GT, em parceria com a Zhejiang Insigma United Engeneering CO Ltd (com sede na cidade de Hangzhzou, capital da Província chinesa de Zhejiang) e com a ProCable Energia e Telecomunicações SA (São Paulo), venceu o lote A do leilão da ANEEL 008/2010, que prevê um investimento de R$ 230 milhões no sistema de transmissão de energia elétrica no Rio Grande do Sul. Fazem parte do empreendimento a construção de:

Subestações:

  1. PORTO ALEGRE 12

230/69 kV – 2 x 83 MVA

Localização: Porto Alegre - Av. Tarso Dutra – Jardim Botânico

  1. VIAMÃO 3

230/69 kV – 3 x 83 MVA

Localização: Viamão

  1. RESTINGA

230/69 kV – 2 x 83 MVA

Localização: Porto Alegre – Zona Sul

  1. CANDELÁRIA 2           

230/69 kV – 2 x 83 MVA

Localização: Candelária

 

Linhas de transmissão:

  1. Cabo Subterrâneo 230 kV

Derivação SE Porto Alegre 12 – 02 km

6.    LT 230 kV (Viamão 3 – Restinga) 19 km

7.    LT 230 kV (Restinga – Porto Alegre 13)  13 km

8.    LT  230 kV (Nova Santa Rita – Porto Alegre 9)   29 km

9.    LT 230 kV (Porto Alegre 9 – Porto Alegre 8)  12 km

10. LT 230 kV (Campo Bom – Taquara)  29 km

 

As obras devem levar 24 meses para serem concluídas e o início das operações está previsto para Junho de 2013.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres