Notícias

Muros de subestação da CEEE começam a ficar coloridos

Artistas iniciaram, hoje de manhã (15), a grafitagem com temática da energia elétrica

Por admin / Publicado: 15/09/2012 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

A avenida Ipiranga está mais colorida desde a manhã de hoje.  Mais de 50 grafiteiros estarão colorindo, neste final de semana (15 e 16), os muros da subestação Porto Alegre 10, na Av. Ipiranga, 3330, no bairro Santa Cecília. A ação integra o projeto Colorindo os Muros da CEEE. Os grafiteiros Jotapê Pax, Lucas Anão Vernieri, Celo Pax e Luis Flavio Trampo, do estúdio Núcleo Urbanóide, de Porto Alegre, coordenam a pintura dos demais artistas locais e de outros estados, como Santa Catarina,Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.

Enquanto o muro é colorido, 40 crianças do Centro Cultural James Kulisz (CEJAK), na Vila Pinto, e alunos do 5º ano do Colégio Vicentino Santa Cecília, vizinho à subestação participam de oficinas de grafite, segurança e economia de energia.

No domingo, será a vez das crianças aplicarem o resultado das aulas na face do muro da subestação que fica voltada para a Rua Dona Alice, que estará fechada para o trânsito de veículos, das 10h às 18h. O público poderá participar de oficinas de capoeira, stencil, percussão, street dance, bambolê e apresentação de B-boys. Basta levar um quilo de alimento não perecível e os 100 primeiros participantes, ganharão camisetas personalizadas na hora, pelos artistas.

 

Serviço:

 

Colorindo os Muros da CEEE

Quando: 15 de setembro (durante todo o dia) e 16 de setembro, das 10h às 17h (oficinas e atividades abertas ao público). Em caso de chuva, o evento será transferido para os dias 29 e 30 de setembro.

Onde: dia 15 na Av. Ipiranga, 3330, e dia 16 na Rua Dona Alice.

Entrada: 1 kg de alimento não perecível, que será destinado ao centro comunitário da Vila Sertão II, na Lomba do Pinheiro.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres