Notícias

Nova subestação de energia da CEEE em Porto Alegre recebe transformadores

Subestação Porto Alegre 5 vai duplicar a capacidade de atendimento para clientes de 15 bairros da Capital

Por admin / Publicado: 18/04/2016 Última modificação: 18/10/2019 16h28

Compartilhar

Os dois transformadores de potência da nova Subestação Porto Alegre 5 (SE PAL5), que está sendo construída pela CEEE Distribuição nas esquinas das Ruas Casemiro de Abreu e Lucas de Oliveira, no bairro Rio Branco, na Capital gaúcha, foram descarregados nas madrugadas do sábado (16) e domingo (17) no local. Esses equipamentos serão conectados com o sistema de distribuição da Empresa e, até o fim deste semestre, já estarão duplicando a capacidade de oferta de energia elétrica aos clientes de 15 bairros de Porto Alegre: Auxiliadora, Bela Vista, Boa Vista, Bonfim, Centro, Independência, Floresta, Higienópolis, Moinhos de Vento, Mont’Serrat, Petrópolis, Rio Branco, Santana, Santa Cecília e Três Figueiras.

 

O diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Júlio Hofer, considera essa subestação de fundamental importância ao plano de expansão do sistema energético da Capital que vem sendo executado pela gestão. “Além de melhorar a qualidade do fornecimento da energia elétrica de forma direta a aproximadamente 150 mil pessoas, a unidade irá proporcionar uma maior confiabilidade da energia para a expansão econômica dessa região”, diz.

 

A subestação terá 100 MVA de potência (magavolts-ampère) e será telecomandada, ou seja, gerenciada à distância, a partir do Centro de Operação da Distribuição da Companhia. O investimento da Empresa nesse empreendimento, que utiliza soluções de engenharia da Altus Sistema de Automação, é de R$ 26,8 milhões.

 

Tecnologia Moderna

 

A SE Porto Alegre 5 funcionará com a tecnologia de isolação GIS (Gas Insulated Switchgear), o que torna a unidade mais segura e com exigência de espaços para instalação dos equipamentos de menor tamanho. “Para se ter uma ideia, nessas configurações, há uma redução de área de 10 vezes a que é usada em subestações convencionais. Atualmente, em Porto Alegre, essa tecnologia é utilizada nas unidades Menino Deus, Bourbon Wallig e Iguatemi”, esclarece Hofer.

 

Nessa região ainda, outras melhorias no sistema de energia estão sendo feitas. Entre as Subestações Porto Alegre 12 (na Avenida Senador Tarso Dutra) e Porto Alegre 5, está sendo construída uma nova linha de transmissão subterrânea, sem impacto visual e com maior confiabilidade, um projeto de R$ 10 milhões. Em outra ação da empresa, no valor de R$ 1 milhão, foram instalados 22 religadores junto às redes das ruas Quintino Bocaiúva, Miguel Tostes, Engenheiro Teixeira Soares, 24 de Outubro, Silva Jardim, Florêncio Ygartua, Castro Alves, Ramiro Barcelo, Mostardeiro, Passo da Pátria e Protásio Alves. Esses equipamentos são operados de forma remota pelo Centro de Operação, permitindo reduzir o tempo de desligamento e a abrangência da interrupção, especialmente em momentos de contingência.

 

 

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres