Notícias

Polícia e CEEE autuam supermercado da capital por fraude de energia

Dívida do estabelecimento comercial com energia não faturada e que será cobrada pela Companhia é de R$ 375 mil.

Por admin / Publicado: 10/01/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

Técnicos da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) e agentes da Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio das Concessionárias e Serviços Delegados (DRCP) realizaram nesta segunda-feira (11) uma ação conjunta que resultou na descoberta de fraude de energia elétrica em um supermercado da capital. A operação ocorreu no estabelecimento localizado na Avenida João de Oliveira Remião, 6490, no bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre. A instalação já havia sido autuada em outubro de 2009, quando foi verificado um consumo de energia não registrado, que, aliado a este novo desvio, totaliza uma dívida de R$ 375 mil com a CEEE.

Segundo a delegada da DRCP, Fabiana Borges Kleine, o proprietário não foi preso em flagrante, mas, agora, será indiciado por furto qualificado de energia elétrica. “Juntaremos, às  provas técnicas recolhidas hoje pela perícia, os documentos da vistoria anterior e encaminharemos todo o processo à Justiça”, explicou. Os técnicos da CEEE deixaram a parte do depósito e as câmaras frias da área do supermercado sem fornecimento de energia elétrica.

Somente na capital e municípios vizinhos, o Departamento de Fiscalização da Gerência Regional Metropolitana da CEEE efetuou, em 2009, 29,5 mil fiscalizações, sendo que em 6,7 mil havia irregularidades ou avaria de medidores. Em conjunto com a DRCP, esse setor foi responsável também por 17 prisões em flagrante geradas por desvio nos equipamentos de energia.  Segundo levantamento da Divisão de Medição e Proteção da Receita (DMPR) da Companhia, no ano passado, o número total de fiscalizações em toda área de concessão da CEEE totalizou 61,6 mil, sendo que em 11.156 havia irregularidades e em 3.959 avarias nos equipamentos.

Conforme relatório da CEEE, com o trabalho feito em campo e na avaliação do histórico de consumo das unidades consumidoras, houve, em 2009, o ingresso de R$ 4,8 milhões aos cofres da empresa. Através da Central de Teleatendimento (0800.721.2333), site (www.ceee.com.br) e Agências, a CEEE recebe denúncias de irregularidade na medição, as quais são executadas com prioridade.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres