Notícias

Prefeitura de Morro Redondo doa terreno para Subestação da CEEE-D

Obra terá capacidade de 12,5 MW e investimento da ordem de R$ 14 milhões

Por admin / Publicado: 24/07/2012 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Amanhã, 26, às 17h, na Câmara de Vereadores de Morro Redondo (Avenida dos Pinhais, 63), será assinado o Termo de Doação de um terreno da Prefeitura para a construção da Subestação Morro Redondo, da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D). Com capacidade de 12,5 MW, o investimento é da ordem de R$ 14 milhões. No evento, estarão presentes o prefeito de Morro Redondo, Rui Brizolara, secretários municipais, o diretor administrativo do Grupo CEEE, Halikan Daniel Dias, e o gerente da Regional Sul, Fabrício Silva de Oliveira.

 

Com início previsto para novembro de 2012 e término em janeiro de 2014, as obras promoverão uma melhoria na distribuição de carga entre as Subestações Canguçu, Pelotas 4 e Pelotas 3 e nos níveis de tensão. No município, foram investidos em 2011 mais de R$ 20 mil com recursos do Programa Luz para Todos (PLT) na expansão e melhorias das redes de média e baixa tensão na zona rural, visando à universalização do atendimento nas áreas rurais dos municípios atendidos pela CEEE Distribuição. Este investimento possibilitou um atendimento pleno ao mercado, através da ligação de novos clientes rurais, manutenção preventiva e melhoria na qualidade do fornecimento de energia elétrica através de obras estruturantes na rede de média tensão.

 

Na região Sul do Estado, que engloba Pelotas e mais 11 municípios, o investimento previsto para o período de 2011 a 2015 é de mais de R$ 210 milhões, sendo cerca de R$ 90 milhões destinados às Subestações, R$ 59 milhões às Linhas de Transmissão e mais de R$ 56 milhões à expansão e melhoraramento de redes. Na região, são atendidos 196 mil clientes e consumidos anualmente 759 GWh (gigawatt hora). No Rio Grande do Sul, a CEEE-D atende a 72 municípios e a 1,5 milhão de unidades consumidoras, atuando em 26% do território do Estado e participando em 34% do mercado gaúcho.

 

Geração e Transmissão

 

A Empresa também está presente na região por meio das áreas de Geração e Transmissão (CEEE-GT). Na área de Transmissão, o destaque é a instalação, prevista para abril de 2013, do terceiro Autotransformador (ATR) de 230/138 kV e 83 MVA, com dois módulos de entrada de linha de 13,8 kV da Subestação Pelotas 3. A obra trará benefícios a 330 mil habitantes, garantindo um reforço necessário para atender ao aumento da carga na região e eliminar a sobrecarga na transformação em regime normal de operação.

 

Na área de Geração, estão previstos novos empreendimentos no município de Rio Grande, como a instalação de torre com equipamento para medição dos ventos da região. A torre integra um conjunto de quatro torres que estão sendo instaladas desde 2011 nas regiões Sul e da Campanha e visa ao levantamento de dados para elaboração de projeto de viabilidade para parque eólico.

 

Interiorização do governo e Sintec

 

Na sexta-feira (27), às 10h, haverá a solenidade de Interiorização do Governo do Estado no Município de Pelotas, que será sediada no Centro de Eventos da Fenadoce. O Centro de Eventos está localizado na Avenida João Goulart, na BR 116, em Pelotas. O presidente do Grupo CEEE, Sergio Souza Dias, estará presente na abertura do 1º Seminário Regional dos Técnicos Industriais do Grupo CEEE (Sertec), às 9h, que ocorrerá em Pelotas nos dias 27 e 28. O Sintec será sediado no Curi Palace Hotel, na Rua General Neto, 1279, e contará com a presença de diretores da CEEE e de entidades participantes, como CREA-RS e Instituto Federal de Educação. Serão apresentadas palestras com temas relacionados às atividades do Grupo CEEE, nos serviços de normatização, projeto, construção, operação, manutenção, fiscalização e comercialização das áreas de Geração, Transmissão e Distribuição de energia elétrica.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres