Notícias

Presidente da CEEE fala na reunião-almoço da Federasul

Sérgio Camps de Morais apresentou investimentos e resultados da Companhia.

Por admin / Publicado: 19/05/2009 Última modificação: 18/10/2019 16h26

Compartilhar

O diretor-presidente do Grupo CEEE, Sérgio Camps de Morais, anunciou, durante reunião-almoço na Federasul na quarta-feira (20), em Porto Alegre, que os investimentos da empresa, em 2009, estão orçados em R$ 315 milhões. Desse total, R$ 60 milhões destinam-se a modernização das unidades geradoras e aporte nas parcerias existentes em Usinas Hidrelétricas, como Ceran e Foz do Chapecó; R$ 130 em reforços no sistema de transmissão e R$ 125 no segmento da Distribuição. Segundo ele, parte dos recursos serão captados no mercado financeiro, através de Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC). Uma dessas operações, no valor de R$ 130 milhões, está programada para ser realizada no final mês de junho. Há previsão de outra no final do ano.

 Sérgio Camps mostrou a atual estrutura do Grupo CEEE, que após a desverticalização, ocorrida em dezembro de 2006, passou a atuar com três empresas: CEEE Participações, CEEE Geração e Transmissão e CEEE Distribuição e destacou a importância estratégica das obras da Companhia para o desenvolvimento do Estado. “Cito as ampliações das Subestações Guaíba 2 e Garibaldi como dois exemplos concretos, o primeiro em função da duplicação da planta da Aracruz, em Guaíba, e o segundo para a expansão industrial na serra gaúcha. As empresas do Grupo CEEE são formadas, hoje, por 15 usinas hidrelétricas próprias, com potência de 910 megawatss, 105 linhas de transmissão que totalizam mias de seis mil quilômetros de extensão e por um mercado direto de 1,4 milhão de consumidores de energia elétrica em 72 municípios gaúchos.

Na palestra, ele informou que está nos planos da gestão participar de novos consórcios em geração e transmissão de energia elétrica no Rio Grande do Sul. “Apesar da crise mundial, o setor de infraestrutura ainda é bastante seguro para investimentos”, disse, lembrando que, no início do mês, o consórcio formado entre a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) e Procable Energia e Telecomunicações S/A foi vencedor de um lote de Linha de Transmissão (LT) colocado em leilão pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Trata-se da Linha de Transmissão entre as Subestações Porto Alegre 9 e Porto Alegre 4, em circuito simples, na tensão de 230 mil Volts. Com investimentos de aproximadamente R$ 50 milhões, o empreendimento, com previsão de conclusão para 20 meses, estima gerar 460 empregos diretos no período.

 Camps apresentou, também, os resultados positivos alcançados pela empresa no último ano, quando obteve um lucro líquido de R$ 139,8 milhões. Além disso, destacou as diretrizes do planejamento para os próximos anos, que incluem o diagnóstico realizado pelo PGQP (Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade) e a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a favor da CEEE sobre a CRC (Conta de Resultados a Compensar). A ação transitou em julgado reconhecendo o direito da CEEE ao crédito, em tramitação desde 1993.  Agora, os recursos da CRC transformam-se em créditos e podem ser usados em um encontro de contas entre CEEE e a União.  Em função dessa decisão favorável do STF, transita na Justiça Federal da Capital outra ação de liquidação de sentença para definir os valores da indenização, que será, de no mínimo, R$ 1,9 bilhão.

O evento, no Salão Nobre da Federasul, foi acompanhado pelos secretários de Estado, de Infraestrutura e Logística (Seinfra), Daniel Andrade, representando a Governadora Yeda Crusius, e de Ciência e Tecnologia, Artur Lorentz; pelos deputados estaduais Carlos Gomes, Frederico Antunes, Mário Berndt e Paulo Odone, os diretores da Federasul e do Grupo CEEE - Caio Rocha, José Francisco Pereira Braga, Sérgio Dias, Sérgio Ladniuk e Silvio Marques - empresários, representantes de entidades de classe, técnicos da Seinfra e do Grupo CEEE.

 

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres