Notícias

Restaurantes de Porto Alegre são autuados por furto qualificado de energia elétrica

Os responsáveis dos estabelecimentos foram presos em flagrante pela Polícia Civil

Por admin / Publicado: 29/09/2016 Última modificação: 18/10/2019 16h29

Compartilhar

Equipes da área de fiscalização da CEEE Distribuição e agentes da Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio das Concessionárias e Serviços Delegados (DRCP) da Polícia Civil realizaram nesta quinta-feira (29) mais duas ações contra o furto qualificado de energia elétrica em Porto Alegre. Na primeira, foi preso em flagrante o responsável por um restaurante na Rua Vasco da Gama, 644, bairro Bom Fim, e, logo depois, numa fiscalização no mesmo segmento de comércio, foi encontrado desvio de energia em um estabelecimento da Rua República, 429, bairro Cidade Baixa.

Pela verificação dos técnicos e peritos, e conforme os cálculos da Empresa, o valor devido à CEEE que será cobrado pela energia consumida e não faturada no estabelecimento da Rua Vasco da Gama é de R$ 19,5 mil. A soma leva em consideração os equipamentos existentes e o tempo pelo qual foi feito o desvio. O valor devido pelo outro restaurante da Rua da República ainda está sendo calculado pela concessionária.

Neste mês, em ações semelhantes, três academias de ginástica e um restaurante na Capital haviam sido autuados pelo mesmo motivo, também com prisões dos responsáveis. 

O furto qualificado de energia é crime, previsto no Artigo 155 do Código Penal, com pena que pode variar de dois a oito anos de reclusão. A CEEE Distribuição vem intensificando o trabalho de combate às fraudes de energia nos municípios da sua área de concessão, em alguns casos com o auxílio da Polícia Civil. A CEEE Distribuição já recuperou R$ 22 milhões em decorrência das ações de cobrança decorrente de fiscalizações nos primeiros oito meses deste ano.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres